Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Bem Estar > Doenças > Unha Encravada

Unha Encravada

O que é a unha encravada

Esta complicação é bastante frequente, principalmente entre as mulheres, que gostam de ver as unhas bonitas e arrumadas. O hábito de cuidar das unhas das mãos e dos pés é antigo e deixa uma pessoa com uma melhor aparência. No entanto, alguns cuidados devem ser tomados para que se evite problemas. Talvez o mais comum destes seja a unha encravada, ou onicocriptose.

A onicocriptose é uma inflamação no dedo proveniente da ação da unha sobre a pele. Quando a borda lateral daquela machuca a pele adjacente temos um quadro de unha encravada. A situação provoca dor intensa, já que a pele fica barrando o crescimento da unha, que não consegue parar de crescer.

A mais frequente causa de unha encravada possui relação com o corte errado da mesma. Caso esta fique muito pontiaguda pode machucar a pele adjacente e levar à enfermidade. Outros fatores que levam à formação da onicocriptose são o uso de sapatos apertados, traumas e machucados, por exemplo.

Alguns dos sintomas da unha encravada são dor, formação de pus, inchaço, rubor e calor local. Diante dos sinais procure por um especialista para o que o devido tratamento tenha início. Aprender a prevenir a onicocriptose é também muito importante.

Unha encravada

 

Como evitar

Certas medidas podem ser tomadas de forma a evitar o desenvolvimento de unhas encravadas. Não cortar as unhas até o fim, por exemplo, é uma delas. Deixe sempre um pouco de borda livre. É necessário também ter atenção ao formato do corte. Este deve ser quadrado e finalizado com uma lixa.

Não deixe os cantinhos das unhas arredondados, pois favorece a penetração na pele. Além disto, evite retirar as cutículas, já que elas protegem a região da ação de microrganismos e de inúmeras substâncias.

Outra orientação importante é não fazer uso de sapatos apertados. Mulheres não devem utilizar calçados de bico fino por muito tempo. Diante de qualquer mudança na textura ou na cor das unhas, consulte um especialista. É preciso que se avalie a condição de forma a excluir situações ainda mais preocupantes.

 

Tratamento

Depois da procura por um especialista, um tratamento deverá ter início. Uma série de medidas serão adotadas com o intuito de reverter o quadro e de diminuir as dores. Estas deverão ser seguidas à risca para que o tratamento seja efetivo.

Geralmente, a unha será tratada e um curativo será feito. Este não pode ser molhado e os pés devem ser mantidos sempre limpos. Caso o curativo não seja feito é indicado manter a região livre de infecções. Para tanto, faça uso de água oxigenada. Pomadas cicatrizantes também podem ser receitadas pelo profissional. É fundamental não realizar auto-medicações, pois a condição pode piorar quando da utilização incorreta de fármacos.

Faça uso de sandálias ou de chinelos até a situação melhorar. Sapatos apertados ou fechados somente irão atrapalhar o resultado final. Todo o cuidado é pouco no tratamento da onicocriptose. É muito comum que o problema volte a aparecer. É necessário ter calma e perseverança para que a situação seja devidamente revertida.

TEMOS MAIS ARTIGOS PARA VOCÊ:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>