Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > Saúde da Mulher > Tricomoníase | Sintomas e Tratamento

Tricomoníase | Sintomas e Tratamento

Tricomoníase

A tricomoníase é uma doença sexualmente transmissível, que atinge homens e mulheres, mas acontece geralmente com mulheres.

O parasita que causa a doença é o trichomonas vaginalis, que afeta as mulheres na vagina e os homens no canal da urina, a uretra. A doença acontece exclusivamente pelo contato sexual com uma pessoa que esteja infectada.

A doença também é uma das responsáveis pelo corrimento vaginal e pode ficar encubada por até 28 dias após a relação sexual sem proteção, mas em mulheres os sintomas podem aparecer meses depois da data de contaminação.

Em alguns pacientes a doença não apresenta sintomas e só é possível descobrir o problema na realização de exames preventivos e é por isso que visitar o médico pelo menos uma vez a cada seis meses é essencial para prevenir e tratar de diversas doenças, inclusive da tricomoníase.

tricomoniase

 

Como se adquire

A única forma de contágio da doença é por relação sexual. Seja entre homem e mulher ou entre mulheres. Homens que se relacionam sexualmente entre si não transmitem a doença.

Ainda não há explicações clinicas para o não contágio entre homens, mas muitas pesquisas e estudos em cima desse problema destacam que a tricomoníase não é transmitida por homens.

A doença é transmitida seja por sexo vaginal, oral ou anal e a forma mais simples de evitar essa e qualquer outro problema é com o uso de preservativos.

 

Sintomas

Em homens e mulheres alguns sintomas são parecidos, como dor ao urinar e também no ato da relação sexual. Coceira e dores nos órgãos genitais também são sinais do problema, e afeta tanto homem quanto mulher.

Um sintoma que afeta apenas as mulheres é o corrimento e cheiro forte que pode ser detectado por meio das peças íntimas.

Nos homens, além da dor ao urinar, o líquido pode sair bastante espumoso, geralmente na primeira urina do dia.

Os sintomas podem aparecer inclusive durante o ato sexual e em casos raros da doença, a mulher pode sentir dor no baixo ventre.

A doença é mais silenciosa nos homens, não apresentando sintomas que possam levar ao diagnóstico do problema, mas mesmo assim o homem que estiver contaminado pode infectar a parceira.

tricomoniase sintomas

 

Diagnóstico

Para identificar o problema, a medicina analisa além da secreção, que geralmente acontece com pacientes mulheres, uma amostra da urina, seja qual for o sexo do paciente.

Exames de sangue também são aliados na investigação que problema, que inclusive podem ajudar a detectar outras doenças, como HIV, por exemplo.

Em algumas mulheres, após a realização do papanicolau, o problema pode ser identificado no resultado do exame.

 

Como é feito o tratamento

Identificado o problema, ambos os parceiros sexuais devem realizar o tratamento que acontece com base em medicação. Pode ser em dose única, ou manter um tratamento por sete dias, com dosagem menor.

É muito que importante, que o paciente assim que detectar que foi contaminado com o vírus, avisar ao parceiro, que imediatamente deve procurar um médico para realizar exames a fim de verificar se também contraiu a doença.

Durante o processo de tratamento é indispensável que os pacientes usem preservativos, pois caso isso não aconteça, a possibilidade do tratamento não ser eficaz é muito grande.

A tricomoníase tem cura, mas descoberta uma vez e tratada, a infecção pode voltar, por esse motivo os especialistas indicam que mesmo após o tratamento, os cuidados no uso de preservativos sejam realizados.

Durante o tratamento da doença, os pacientes não podem ingerir bebidas alcoólicas, o que torna a medição ineficaz e o tratamento não tem resultados positivos.

Finalizando o uso das medicações e com isso os sintomas da doença devem desaparecer também, é importante que o paciente refaça os exames, apenas para confirmação do sucesso no tratamento, que é garantido pela medicina, mas não custa repetir os exames e ter a certeza de que está curado e não corre mais o risco de transmissão da doença para outras pessoas.

 

Como prevenir

A melhor forma de prevenir o contágio de doenças sexualmente transmissíveis é pelo uso correto e contínuo de preservativos.

prevenção corrimento vaginalRealizar exames preventivos a cada seis meses ou no máximo uma vez ao ano também é uma forma de evitar maiores problemas com a saúde. Porém, no caso dos exames o problema já será identificado e com isso a medicina irá propor caminhos de tratamento.

O ideal é que o paciente haja de forma preventiva da doença e que o preservativo seja o companheiro inseparável de todas as relações sexuais, principalmente se a pessoa mantiver relações sexuais com vários parceiros, neste caso é absolutamente indispensável o uso da camisinha.

Os médicos também indicam que o paciente evite relações sexuais com muitos parceiros, pois aumenta as chances de adquirir doença e diminui as possibilidades de saber de onde contraiu a doença.

Preservativos feminino e masculino são eficazes na prevenção da tricomoníase e também de outras doenças que são transmitidas por relação sexual sem proteção de preservativos.

Tags: , , , ,

8 Comentários

  1. helio amoda disse:

    quero informar-me melhor a cerca do sifílis.

  2. reinaldo disse:

    treicomoniase causa impotencia e qual o medicamento mais eficaz.

  3. Daniela disse:

    Eu decobri k estava com tricomonas vaginal no exame d papanicolau e gostaria de saber se uma pessoa k fez sexo oral em mim contraiu a doença tambem ?

  4. queo saber se Tricomonas tem cura disse:

    Essa doenca e muito nogenta

  5. elaine disse:

    A cinco dias tenho sentido muitos sintomas e pesquisando AK na internet acho que pode ser tricomoníase porem meu parceiro nao relatou nenhuma reclamação pra mim,então hoje comecei a tomar dois comprimidos de uma vez de 250 mg e vou tomar por 3 dias para ver se melhora e some esses sintomas, fui ao posto de saúde mais próximo e a consulta mais rápida e daqui um mês, então eu vou tomar dois comprimidos de metronidazol uma vez por dia , pois is meus sintomas são , coceiras bem internas e um corrimento branco com um mal cheiro.

  6. moreira disse:

    sinto todos os sintomas da tricomoniase, fui ao ginecologista e ele disse que tenho umas glândulas inflamadas e as bactérias se aproveitam e sinto ardor, coceira,e com muito corrimento. ele disse q era um caso simples mais q eu precisaria fazer uma pequena cirurgia para corda essas glândulas e que remédio apenas amenizaria a situação..estou preocupada com o problema será ser realmente e caso de uma cirurgia?

  7. tania disse:

    gostei do lema e interressante para todos os jovens

Deixe o seu comentário!