Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > TÉTANO | Sintomas, Causas e Tratamento

TÉTANO | Sintomas, Causas e Tratamento

Tétano

Esta é uma doença infecciosa causada por uma toxina proveniente da bactéria Clostridium tetani. Apesar de não ser contagioso o tétano pode trazer sérias complicações ao organismo e precisa ser devidamente tratado. Neste artigo vamos falar um pouco a respeito do tétano considerando os seguintes tópicos:

 

  • O que é tétano;
  • Como se adquire;
  • Quais são os sintomas;
  • Como é feito o diagnóstico;
  • Como é o tratamento;
  • Como prevenir.

 

O que é tétano?

tétanoDoença infecciosa e não contagiosa, o tétano é causado por uma toxina da bactéria Clostridium tetani. Esta é um microrganismo anaeróbico que se infiltra no corpo humano através de pequenas aberturas na pele como cortes ou picadas, por exemplo. A bactéria é encontrada sob a forma de esporos em fezes, na terra e em objetos. Quando entra em contato com algum tipo de lesão pode ocorrer a penetração no organismo.

A doença gera espasmos em músculos voluntários e produz rigidez muscular. O pescoço é geralmente o local mais agredido. Os músculos do sistema respiratório também ficam vulneráveis a esta agressão e pode até mesmo ocorrer, por exemplo, morte por asfixia.

 

Como se adquire?

A infecção de tétano acontece devido à entrada da bactéria Clostridium tetani no organismo humano. Esta pode estar presente em lugares com areia e terra, por exemplo. É bastante comum de se encontrar esporos da bactéria em fezes de humanos ou de animais, em plantas e em objetos diversos. A bactéria entra no organismo através de lesões como feridas, cortes, picadas e mordidas, por exemplo. Caso a pessoa se corte em um objeto contaminado por esporos da bactéria do tétano a infecção é certa. Por isto, deve-se tomar muito cuidado ao andar em áreas desconhecidas sem qualquer tipo de proteção.

O tétano acomete pessoas de todas as idades e sexos. O período de incubação pode durar até mesmo 3 semanas. Quanto mais rápido for a manifestação da doença mais grave será o caso. Diante dos sintomas deve-se procurar imediatamente por auxílio médico.

 

Quais são os sintomas?

tétano sintomasOs primeiros sintomas a serem notados costumam ser dificuldade para abrir a boca e para engolir. Logo surgem outras complicações como febre, dor de cabeça, irritabilidade e deformações no rosto.

A bactéria pode provocar rigidez muscular em todo o corpo. A região do pescoço costuma ser, entretanto, a mais agredida. Espasmos nos músculos da face são frequentes e facilmente notados. Diante de quaisquer sintomas deve-se logo procurar por um médico para o diagnóstico e o início de um tratamento adequado. Na grande maioria dos casos, quanto antes for realizado o diagnóstico mais eficiente será o tratamento.

 

Como é feito o diagnóstico?

Através da observação dos sintomas o médico levanta algumas suspeitas com relação a um caso de tétano. Faz-se uma análise do corpo do paciente em busca de sinais de lesões que poderiam ter permitido a invasão da bactéria. Também é preciso uma conversa com o paciente para saber de possíveis outras causas.

Após a certeza do diagnóstico, deve-se dar início ao tratamento adequado o quanto antes. Os resultados costumam ser bastante eficientes na grande maioria das vezes.

 

Como é o tratamento?

Este é feito basicamente através do uso de antibióticos e de relaxantes musculares. O paciente deve permanecer em um ambiente agradável, de penumbra e sem muitos estímulos.

É constantemente realizada a limpeza dos ferimentos e também se aplica no indivíduo um soro antitetânico. O tétano é uma doença grave que quando não recebe o devido tratamento pode levar à morte. A pessoa necessita de internação e o tratamento pode durar até mesmo 15 semanas.

tétano tratamento

 

Como prevenir?

A principal forma de prevenção do tétano é através da vacinação. Todas as crianças devem receber uma vacina tríplice contra a doença. Após os 5 anos de idade a criança também pode tomar a vacina dupla, contra tétano e difteria. A vacina dupla também é indicada para adultos e pode ser tomada em postos de saúde. Doses de reforço devem ser tomadas a cada 10 anos para garantir a eficiência.

Outra medida importante de prevenção contra o tétano é limpar sempre muito bem com água e sabão qualquer tipo de ferimento, desta forma fica dificultada a penetração da bactéria. Recomenda-se ainda manter a carteirinha de vacinação em dia e realizar consultas periódicas a um médico.

TEMOS MAIS ARTIGOS PARA VOCÊ:

6 comentários em “TÉTANO | Sintomas, Causas e Tratamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>