Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Artigos sobre Saúde > Sopro no Coração | Sintomas, Causas e Tratamento

Sopro no Coração | Sintomas, Causas e Tratamento

O que é sopro no coração?

É um som produzido devido à passagem de sangue nas estruturas do coração. Quando as válvulas cardíacas são anormais ou quando algo de errado está acontecendo, o barulho produzido se assemelha ao de um sopro. Normalmente o sangue passa pelo coração em um uma única direção e sem causar barulho algum. Quando há alguma interferência no fluxo, o sopro pode ser escutado durante uma ausculta cardíaca.

Em pessoas jovens e em crianças este sopro pode estar sendo causado sem gerar qualquer tipo de complicação. É o chamado sopro inocente e possui origens fisiológicas ou funcionais. Já quando está relacionado a algum problema cardíaco é chamado de sopro anormal. É mais comum em adultos e pode ser resultado de alguma infecção, doença ou até mesmo ser uma decorrência da velhice. Em crianças este tipo de sopro anormal costuma ter relação com defeitos congênitos.

O sopro pode variar em intensidade e não é necessariamente uma doença. Conforme mencionado acima, pode ser algo normal ou sinal de alguma complicação. Pessoas portadoras de sopro cardíaco inocente não costumam apresentar outros sintomas. Já as do anormal tendem a conviver com outros problemas de saúde.  O tratamento é realizado de acordo com as diversas doenças que podem levar ao surgimento do sopro.

sopro no coração sintomas

 

Como acontece?

As causas são diversas quando o sopro possui origem patológica. Já os de origem fisiológica, por outro lado, não possuem uma explicação muito significativa. O motivo da disfunção pode estar relacionado a alguma má formação ou pode ter origem congênita, por exemplo. A febre reumática é outro fator que normalmente está vinculado ao desenvolvimento de tal quadro. Doenças degenerativas também podem ter relação, assim como a calcificação de uma válvula devido à idade.

Doentes com insuficiência cardíaca podem ser portadores de sopro, porém este tende a surgir somente após a manifestação de todos os outros sintomas. O preocupante não é o sopro, e sim o que o está causando. A causa, entretanto, possui motivos variados.

 

Como se descobre ? (diagnóstico)

Através de um exame físico um bom médico consegue diagnosticar o sopro no coração. A ausculta cardíaca costuma ser realizada em exames de rotina, e, com isto, a detecção do sopro pode ser precoce. Este, quando é do tipo fisiológico, não gera muitas preocupações. Já os patológicos necessitam de mais atenção. Isto porque o sopro não é exatamente uma doença, mas sim um sinal de que algo pode estar errado. Desta forma, é preciso fazer o diagnóstico com bastante atenção.

O som que se escuta no exame físico pode indicar qual dos casos de sopro a pessoa é portadora. Para se ter certeza é indicado a realização de um exame que irá avaliar não somente o sopro como também as válvulas do coração. O ecocardiograma com Doppler permite identificar qual é a lesão nas válvulas, qual é o grau de estenose e também quais danos estão sendo provocados no coração.

Outros procedimentos que podem ser realizados para o correto diagnóstico são, por exemplo, o raio-x de tórax e o eletrocardiograma. O ecocardiograma com Doppler é, entretanto, o mais abrangente e completo, além de trazer informações funcionais.

batimentos cardiacos

 

Sintomas

Portadores de sopro fisiológico, ou inocente, não costumam apresentar sintomas. Em crianças este tende até mesmo a desaparecer sozinho durante a fase de crescimento. As doenças cardíacas que levam uma criança a desenvolver sopro são geralmente congênitas. Com o tempo sintomas como anemia, cianose, falta de apetite e astenia, começam a aparecer.

Já nos adultos é comum ser uma decorrência de velhice e pode ser o primeiro sinal de alguma doença cardíaca mais grave. Outras condições como febre, anemia, hipertireoidismo e até mesmo gravidez, podem levar ao surgimento de um sopro, que será eliminado assim que estas situações forem estabilizadas.

Quando é causado por certas doenças do coração, o sopro tende a vir acompanhado de desmaios. Na grande maioria dos casos os sintomas possuem relação com a causa do sopro, e não com a sua existência em si. Este é somente caracterizado por um barulho quando há a passagem de sangue no coração.

 

Prevenção

O sopro é uma condição relativamente normal em recém-nascidos e em crianças pequenas. Portanto, não há motivos para se apavorar. Com o crescimento do bebê esta situação tende a reverter espontaneamente. Muitas vezes ele desaparece após alguns dias do nascimento.

As amidalites são as principais causadoras da febre reumática, responsável por diversas lesões de válvulas cardíacas. Com isto, é extremamente importante que todos os casos de amidalite sejam tratados com seriedade e que não se suspenda o uso dos antibióticos antes do tempo.

Diante de casos de desmaios procure imediatamente por um médico para a realização do diagnóstico. Sopros no coração podem ser grandes indicadores de que algo vai errado com o coração.  Apesar de não poder ser algo previsível em certos casos, o sopro precisa ser monitorado para verificar as causas do seu problema. Sérias complicações de saúde podem ser amenizadas ou evitadas com um diagnóstico precoce.

sopro no coração

 

Tratamento

Uma vida sem restrições pode ser levada por crianças que possuam sopro no coração de origem fisiológica. Nestes casos o coração é absolutamente normal. As cardiopatias congênitas, por outro lado, necessitam, em sua maioria, de tratamento cirúrgico. A cirurgia só não é considerada quando o defeito é bem leve e quase não gera repercussão.

Até mesmo em recém-nascidos uma cirurgia pode ser realizada caso as circunstâncias exijam. As máquinas de circulação extracorpórea e as super equipadas UTIs de hoje em dia, permitem que este procedimento seja realizado mais precocemente e cada vez com maior segurança.

O sopro não é uma doença e o que preocupa são as suas causas. Quando uma anemia ou uma febre, por exemplo, estão causando esta condição, após o tratamento das mesmas o sopro também desaparece. Quando as válvulas estão lesionadas, o tratamento já é um pouco mais complexo, podendo até mesmo ser necessária a troca da defeituosa por uma artificial. Diante de quaisquer sintomas, não deixe de consultar um médico. Simples manifestações podem ser sintomas de algo muito mais perigoso para a sua saúde.

Tags: , , , , ,

16 Comentários

  1. Tenho um trabalho pra fazer e só nesse site achei oque eu precizava! Magnifico !

  2. monica disse:

    Na minha familia ha bastante pessoas com problemas cardiacos e mesmo com toda orientacao medica nois ficavamos com o pé a traz e salve ha esse site podiamos tirar mais duvidas e nos alivia vamos bem mais por isso é sempre bom comentarios depoimentos e esse foi um dos medicamentos ao inves de calmantes agradeco a todos e peco que compartilhem

    • admin disse:

      Olá Monica, como existem diversos casos em sua familia, é sempre indicado que você faço seus exames de rotina, só assim poderá previnir uma surpresa.

  3. Paulo Marques disse:

    Desde de que nasci tenho um sopro e com o passar dos anos foi ficando mais estável ,e agora é fazer consta de rotina

  4. puxa como é importante voce ter computador se nao eu nunca saberia o que seria sopro no coraçao é muito importante

  5. shinyla lou disse:

    a minha sobrinha tem 1ano e alguns meses não sei dizer se ela nasceu com sopro no caoracao mas a um tempo atraz e que descobrimos queria saber se me pode dar alguma dica de como tratar,os nossos médicos sãó muito bons mas eles normalmente não dão a devida atenção aos pacientes,digamos que a bebe vai as consultas dia sim e dia não,não acredito que Seja 1 caso grave mas só o simples facto de se tratar de uma bebé

  6. Joelma disse:

    Minha bebê com dois meses fez um eco que acusou um forame oval patente, repetimos agora com 5 meses, e havia desaparecido, mas agora acusou estenose valvar pulmonar.É possível que também desapareça espontaneamente?

  7. DANIELLE disse:

    Ultimamente sinto muitos canssaços,falta de ar,minha pernas e meus braços adormecem,sinto muito calafrios e fico gelada. já tive um desmaio com vómitos e fico sem cor alguma no corpo.
    os canssaços geralmente ocorrem quando…Levo sustos grandes,principalmente quando acordo no susto!
    isso pode ser sopro no coração???…

  8. Veronilce disse:

    Muito bom!

  9. cristiane disse:

    meu filho tem sopro desde que nasceu hj com 4 anos eu me preocupo mais
    pois, a cada medico que vou com ele, ouço uma coisa diferente. isso me deixa muito assustada!!!!

  10. mandynhaa disse:

    eeu descobrir aa poucos diaas quee ttenho sopro e foii um sustto praa mim….

  11. iury disse:

    muito obrigado pelas informaçães me ajudou muito valeuuu….

  12. alisson disse:

    nossa agora comecei a entendr um pouco o q e um sopro q bom minha namorada tem agora ela podir ficar tranquila eu posso explicar o q e um sopro valeu

  13. LINDOLFO. disse:

    Olá,fiz uma consulta em 2013 e o medico falou que estava tudo bem com o coração,mas que o colesterol estava um pouco acima do indicado e a pressão arterial estava alta também,esta semana fiz outra consulta com outro medico e ele falou que eu estava com sopro no coração,gostaria de saber se o colesterol alto ou pressão alta podem ter causado o sopro?

  14. DAIANE disse:

    Meu filho tem 8 meses e foi diagnosticado com sopro inocente e encaminhado para um cardiologistica. Porem tenho uma duvida, meu bebe chora muito será que o fato dele ser chorão pode prejudicar ainda mais esse suposto sopro? Me respondam por favor

Deixe o seu comentário!