Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > RINITE CRÔNICA

RINITE CRÔNICA

Rinite Crônica

A rinite crônica é uma das complicações nasais mais frequentes em todo o mundo. Existem diversos tipos de rinite e todos possuem relação com inflamações da mucosa nasal. Neste artigo vamos falar um pouco a respeito da rinite crônica considerando os seguintes tópicos:

 

  • O que é a rinite crônica;
  • Como se adquire;
  • Quais são os sintomas;
  • Como é feito o diagnóstico;
  • Como é o tratamento;
  • Como prevenir.

 

O que é a rinite crônica?

Rinite é uma expressão utilizada para caracterizar diversos tipos de inflamação da mucosa nasal. Esta inflamação costuma vir somada a outros sintomas como rinitecongestão nasal, espirros e drenagem de secreções. A inflamação da mucosa nasal, normalmente, está relacionada a algum fator alérgico, emocional, infeccioso, anatômico ou mesmo ambiental, como mudanças de temperatura.

A rinite pode ser, por exemplo, da gestante, do idoso, gustativa, do esportista, vasomotora, alérgica ou infecciosa. A rinite crônica é uma das mais frequentes em todo o mundo. Acomete tanto homens quanto mulheres de todas as idades. É uma complicação que gera sintomas bem desconfortáveis que tendem a piorar durante a noite. Quando a obstrução nasal já vem ocorrendo há mais de 3 meses ininterruptamente, esta passa a ser chamada de rinite crônica.

 

Como se adquire?

A rinite não costuma ser uma doença contagiosa, excetuando-se as virais ou bacterianas. Com isto, ela pode atingir qualquer pessoa que se submeta às condições necessárias para o aparecimento de tal. O uso de medicamentos sem prescrição médica, contato com ar poluído ou com substâncias irritantes, por exemplo, podem gerar o desenvolvimento de uma rinite.

A rinite do tipo alérgica pode ser transmitida através dos genes de pais para filhos. Patologias como sífilis, sarcoidose, leishmaniose, tuberculo­se e paracoccidioimicose costumam provocar o surgimento de rinites crônicas. Tabagismo e exposição a fumaças diversas também podem desencadear um problema nasal.

 

Quais são os sintomas?

Em todos os tipos de rinite os sintomas são bem parecidos. Pode haver confusão com sintomas de outras complicações como gripes ou sinusites. Por este motivo, deve-se sempre consultar um médico diante de qualquer espécie de resposta do organismo. Somente após o diagnóstico é que se deve dar início a um tratamento.

rinite sintomas

Durante uma crise de rinite crônica os espirros são muito frequentes. O nariz fica escorrendo e permanece totalmente obstruído por um período. Coceira no nariz, nos olhos e no céu da boca também é algo recorrente. O olfato fica bastante prejudicado, assim como o paladar. Dores de cabeça e tosse também podem aparecer.

 

Como é feito o diagnóstico?

Basicamente através da observação clínica dos sintomas. Exames de tomografia ou rinoscopia também são pedidos pelo médico para o correto diagnóstico. Após a certeza de que se trata de um caso de rinite, deve-se dar início imediato ao tratamento.

 

Como é o tratamento?

A primeira medida a ser tomada é a utilização de descongestionantes nasais e anti-histamínicos. O soro fisiológico também pode ser utilizado para a realização de uma lavagem nasal cerca de duas vezes ao dia. Em casos de obstrução nasal permanente a cirurgia pode ser a medida mais recomendada.

rinite tratamento

 

Como prevenir?

A rinite crônica pode ser evitada de diversas formas. Algumas medidas são bastante simples e ajudam no controle das crises. O quarto em que a pessoa dorme é o ambiente com o qual se deve ter mais cuidado. Este deve estar sempre limpo e receber ventilação constante. Deve-se evitar o uso de cobertores de pelo e de carpetes. Cortinas também tendem a acumular poeiras e ácaros. As fronhas e a roupa de cama do indivíduo devem ser lavadas toda semana. Roupas de lã costumam irritar a mucosa nasal, dê preferências àquelas feitas de algodão ou materiais sintéticos.

Áreas úmidas ou com mofo também pioram a situação de quem possui rinite crônica. Animais de estimação como gatos, cachorros ou passarinhos não são muito indicados. Bichos de pelúcia e livros também devem ficar fora do quarto da pessoa que sofre de rinite. Inclusive, o quarto desta pessoa deve conter o menor número de objetos possível. Evite locais com fumantes ou áreas com muita poluição. Forre seu colchão e travesseiros com uma capa antialérgica ou com algum tipo de plástico. Os travesseiros de poliéster são os mais indicados para quem sofre de rinite crônica.

5 comentários em “RINITE CRÔNICA

  1. Gostei das informações,só gostaria de saber se quem tem rinite crônica como eu tem tonturas,dor de ouvido,alergia no tempo quente e na frieza da noite,pois já não guento mais conviver com isso.

  2. ESTOU EM PROCESSO DE RINITE CRÔNICA ESTOU TENDO MUITAS DORES DE CABEÇA, TONTURA E DOR NO OUVIDO,SINTO O MEU ROSTO FORMIGANDO,ISSO É NORMAL?COMO DEVO AGIR?

  3. eu tenho rinite , e acredito que seja alergica , uma vez por outra eu sinto dor de cabeça , por 2 vezes dor de ouvido , coceira no nariz e por vezes tambem espirros , ultimamente tontura .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>