Reumatismo | Sintomas, causas e dicas

Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Artigos sobre Saúde > Doenças > Reumatismo | Sintomas, causas e dicas

O que é reumatismo?

É um conjunto de doenças que possuem origem não traumática, ou seja, não são oriundas de acidentes, e que comprometem músculos, articulações, tendões e qualquer outro local do aparelho locomotor. São cerca de 300 doenças diferentes enquadradas dentro deste grupo. Algumas podem até mesmo acometer órgãos internos como o lúpus eritematoso sistêmico, por exemplo. A febre reumática, enfermidade que atinge em sua maioria crianças, é outro exemplo de reumatismo que agride os órgãos.

A principal característica destas complicações são inchaço, dor, fraqueza e movimentos restritos. Estas podem se desenvolver a partir de qualquer momento da vida, sem restrição de sexo ou de idade. Alguns reumatismos são degenerativos e estão relacionados com o desgaste. Na osteoartrose, por exemplo, quem sofre o desgaste são as cartilagens. Já na osteoporose, são os ossos.

Outros reumatismos podem ser causados devido a infecções bacterianas ou por vírus, como ocorre com a hepatite e com o HIV. Inflamações sistêmicas nas articulações também podem levar a este quadro. Assim como inflamações em órgãos diversos. Com a chegada da idade mais avançada a degeneração de partes do organismo fica mais intensa, por este motivo é tão comum encontrar idosos com um ou mais tipos de reumatismos. Pessoas mais jovens, entretanto, podem facilmente desenvolver alguma destas complicações ao utilizar mal o corpo humano, através de movimentos muito repetitivos, por exemplo.

reumatismo

 

Agente causador

Como o reumatismo engloba um conjunto grande de doenças, as causas também são diversas. Os degenerativos, por exemplo, ocorrem devido a um desgaste de alguma estrutura do organismo. Pode ser algo natural, que vem com a idade, ou pode ser algo induzido, devido ao excesso de exercícios físicos.

Os inflamatórios geralmente possuem ligação com o sistema imunológico. Quando alguma falha ocorre neste sistema, o corpo passa a interpretar partes de estruturas como organismos estranhos e, ao combatê-las, gera inchaço local. Os reumatismos infecciosos são geralmente causados por vírus ou bactérias. Distúrbios metabólicos também podem ter relação com o surgimento de alguma complicação. Em alguns casos até mesmo a hereditariedade pode ser considerada fator de risco.

 

Como se descobre a doença (diagnóstico)

Reumatismo não é uma doença. É um conjunto composto por várias delas. Muitas possuem sintomas em comum, como dor, inchaço e restrição de movimentos. Algumas já possuem características mais específicas. Não há um exame para reumatismo. Diante dos sintomas do paciente o mais indicado é o médico fazer uma análise física cuidadosa e verificar através de uma conversa o histórico desta pessoa.

O diagnóstico precoce é uma das melhores formas de se evitar complicações. Isto porque a grande maioria das doenças, quando detectadas previamente, podem ser controladas ou até mesmo sanadas antes de dar início a transtornos consideráveis. Muitas vezes você pode estar sofrendo de um distúrbio sem saber, já que considera tal dorzinha normal. Por isto recomenda-se a ida frequente a um médico para a realização de exames de rotina. Desta forma você recebe o devido acompanhamento médico e seu corpo pode ser melhor monitorado.

Exames de sangue e exames de imagem, como ultrassonografia, raio-x e ressonância magnética, por exemplo, auxiliam o médico a verificar as causas e os motivos do incomodo que o paciente vem sentindo. Após se chegar a um diagnóstico é preciso dar início ao tratamento o quanto antes. Este ajuda no combate à dor e até mesmo soluciona algumas causas do problema.

 

Sintomas

Apesar da variedade de tipos de reumatismo os sintomas costumam ser bastante parecidos. O que muda são os locais acometidos, as funções atingidas e o tamanho da área afetada, por exemplo. Os principais sinais que surgem são:

  • Dor;
  • Inchaço;
  • Calor local;
  • Rigidez (geralmente pela manhã);
  • Fraqueza nos músculos.

Dependendo do reumatismo pode se observar também quadros de queda de cabelo, dor de cabeça, lesões na pele, emagrecimento, febre e muito cansaço. Estas doenças não são contagiosas. A grande maioria é agravada devido a fatores como alterações climáticas, estresse, depressão, traumatismos, sedentarismo, ansiedade e obesidade, por exemplo.

Diante destes sintomas não deixe de procurar por ajuda médica. O tratamento para o seu reumatismo pode ser simples e sua vida terá uma qualidade muito maior.

Reportagem sobre Reumatismo!

 

Prevenção

Em casos de reumatismo de origem hereditária não há muito o que se fazer. A pessoa provavelmente irá desenvolver alguma complicação em determinado período da vida. É indicado um acompanhamento médico e monitoramento do organismo para que os danos sejam menores e para que os transtornos sejam amenizados.

Manter a higiene corporal ajuda na prevenção de reumatismos do tipo infeccioso, por exemplo. Uma boa alimentação é indicada para a prevenção não somente desta como de diversas outras doenças, já que um corpo saudável é um corpo mais protegido. Trabalho intenso, movimentos repetitivos ou esforços excessivos podem acabar levando uma pessoa a desenvolver reumatismo do tipo degenerativo. Portanto, fique atento ao seu corpo e aos movimentos que executa.

Estresse, ansiedade e depressão contribuem com estes quadros. Busque auxílio médico sempre que notar pioras. A obesidade ajuda muito no surgimento destas complicações, assim como o sedentarismo. Adquira o hábito de praticar atividades físicas e mantenha uma dieta equilibrada.

 

Tratamento

O uso de medicamentos como analgésicos e anti-inflamatórios auxiliam no combate à dor. A fisioterapia é uma prática adotada para reeducar fisicamente o corpo e para ajudar no retorno dos movimentos. Hidroterapias também são muito indicadas, já que ajudam no relaxamento muscular e promovem o reforço do músculo. Compressas de gelo, massagens, alongamentos e mobilizações articulares são outras medidas que podem ser tomadas no intuito de reduzir os incômodos do reumatismo.

O tratamento é basicamente sintomático, já que muitas vezes as causas são desconhecidas. É importante que todas as pessoas com dores procurem por ajuda médica. O estado da lesão pode piorar bastante quando não recebe tratamento ou acompanhamento médico. Através de simples medidas muitos dos incômodos podem ser sanados e o indivíduo volta a levar uma vida normal. Portanto, não deixe de pedir ajuda. Além disto, é fundamental ficar atento a quaisquer sinais que seu corpo possa estar lhe enviando. Algo aparentemente simples pode ser sintoma de um problema muito maior.

Tags: , , , , , , , , , ,

3 Comentários

  1. NAIARA disse:

    muito legal

  2. mariele disse:

    valeu saber….

Deixe o seu comentário!