Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > Saúde da Mulher > MIOMA UTERINO

MIOMA UTERINO

Mioma

Os miomas são espécies de tumores benignos que possuem aparência sólida e são formados por tecido muscular. O mioma uterino é um problema muito comum que acomete, geralmente, mulheres com cerca de 30 a 40 anos de idade. Neste artigo vamos falar um pouco a respeito de mioma considerando os seguintes tópicos:

 

  • O que é mioma;
  • Como se adquire;
  • Quais são os sintomas;
  • Como é feito o diagnóstico;
  • Como é o tratamento;
  • Como prevenir.

 

O que é mioma?

Mioma são tumores benignos, ou seja, que não apresentam crescimento canceroso, originários do tecido muscular do útero. Dependendo do local em que o mioma está localizado no útero ele recebe denominações diferentes. O mioma uterino pode receber o nome de subseroso, intramural, submucoso e pediculado.

mioma uterino

O útero é um órgão formado principalmente por tecido muscular. Quando alguma área desta musculatura cresce de forma inadequada, dá-se início a uma tumoração. Quando este tumor é gerado na camada externa do útero recebe o nome de subseroso. Já o intramural fica na espessura da musculatura do órgão. O mioma pediculado fica localizado do lado de fora do corpo humano e permanece ligado ao útero através de um pedículo, daí vem o nome. O submucoso fica na cavidade endometrial.

 

Como se adquire?

Estes tumores são sólidos e formados pelo mesmo tecido do útero. Mulheres com idade entre os 30 e 40 anos estão mais vulneráveis a desenvolver uma complicação como esta. Sabe-se também que o mioma uterino é muito mais frequente em mulheres negras. Entretanto, não existe apenas uma única causa para o desenvolvimento do tumor. A alteração na produção dos hormônios estrogênio e progesterona são fatores muito influentes. Condições externas, genéticas e vasculares também costumam favorecer o surgimento desta complicação.

Histórico familiar, bebidas alcoólicas e hipertensão são outros fatores que podem desencadear um mioma. Meninas que menstruam muito cedo e mulheres que engravidam pela primeira vez já em idade considerada avançada, são indivíduos mais predispostos à doença.

 

Quais são os sintomas?

sintomas miomaAlguns miomas são apresentam muitos sintomas. Nestes casos, pode-se, inclusive, não realizar qualquer tratamento. Existem tumores tão pequenos que passam despercebidos durante anos. Porém, em outros casos, estes podem crescer tanto que chegam até mesmo a pesar quilos.

Os principais sintomas que levam a suspeita de um mioma uterino são dor, aumento do tamanho do abdômen, aumento do fluxo menstrual, desconforto urinário, desconforto gastrintestinal, infertilidade e até abortamentos. Pode haver também dor ao urinar e durante as relações sexuais. O sangramento vaginal é outro sintoma bastante frequente.

 

Como é feito o diagnóstico?

Através do histórico da paciente e de exames de toque o médico pode suspeitar de um caso de mioma uterino. Exames como o de ultrassom e o de ressonância magnética auxiliam na certeza do diagnóstico. Assim que o caso for confirmado, deve-se dar início imediato ao tratamento adequado.

 

Como é o tratamento?

Miomas que não apresentam sintomas e não vêm causando distúrbios à saúde muitas vezes nem mesmo são tratados, porém devem receber um acompanhamento periódico.  Mulheres que se aproximam da menopausa são, geralmente, tratadas através da ingestão de medicamentos que bloqueiem a produção de estrógeno. Técnicas cirúrgicas também são bastante utilizadas. Estas variam de acordo com a idade da paciente, o resultado esperado e o estado do mioma.

Em mulheres mais velhas é muito comum realizar-se uma histerectomia. Neste procedimento o útero é retirado por completo do corpo feminino, deixando a paciente sem possibilidades de engravidar. Outro procedimento bem comum é a embolização. Neste caso, partículas são levadas ao útero com o intuito de interromper o fluxo de sangue que alimentava o mioma.

 

Como prevenir?

A realização de exames periódios e a consulta frequente a um médico ginecologista são medidas que auxiliam muito no diagnóstico, na prevenção e no tratamento de diversas doenças, portanto, adquira este hábito.

Além disto, a prática de exercícios físicos ajuda a diminuir a quantidade de estrógeno no corpo humano. Consequentemente, a possibilidade de surgimento de um mioma fica reduzida. Controlar o peso e manter uma alimentação saudável também são fatores que influem nesta prevenção, assim como não fumar e consumir bebidas alcoólicas moderadamente. Esteja sempre de olho nos sinais que seu corpo envia. Caso algo esteja errado, consulte um médico o quanto antes.

Tags: , , , , ,

1 Comentário

  1. marisete disse:

    Tenho mioma o cha de uxi amarelo e bom

Deixe o seu comentário!