Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > MENINGITE | Sintomas, Causas e Dicas…

MENINGITE | Sintomas, Causas e Dicas…

Meningite

Existem dois tipos de meningite, as bacterianas e as virais, ambas são perigosas, contagiosas e podem levar á morte. A doença é uma inflamação nas meninges, quando a bactéria ou vírus agride o organismo, vencendo as etapas de defesa do corpo humano. A doença ataca principalmente a medula espinhal e partes do sistema nervoso central.

A bactéria que causa a doença tem o nome de neisseria meningitidis. O contato com doentes portadores da bactéria podem causar o contágio, por isso, em casos de doenças confirmadas são importantes cuidados como evitar o compartilhamento de objetos pessoais, pratos, copos, talheres e afins.

A meningite bacteriana é mais grave que a viral e por isso, é importante estar atento aos sintomas, para que assim que identificado, procurar um médico, pois a bactéria pode causar a morte em até 72 horas, após o contágio.

Existe também a meningite tuberculosa, que tem uma evolução mais demorara que as outras, além da taxa de mortalidade ser mais alta que os demais tipos da doença. Por não apresentar sintomas, existe uma complicação na identificação do problema, retardando também os cuidados, tratamentos e cura.

Crianças até os seis anos de idade e idosos com mais de 60 anos são as vítimas mais frequentes dessa doença, por não ter o sistema imunológico totalmente formado e pronto para combater a doença. Mas pessoas de qualquer idade correm o risco de ter meningite.

meningite infomações

 

Como se adquire

A doença é caracterizada por um uma bactéria, e por esse motivo a vítima pode ser contagiada pelo contato com o paciente infectado. Gotas de saliva ao falar é um grande motivo pelo qual existe a contaminação, mas a bactéria também pode ser adquirida pelo paciente por meio do sistema respiratório, ou seja, o local onde está um paciente doente deve ser isolado, e só haver contato com máscaras que cubra boca e nariz, pelo menos até a recuperação completa do doente.

No caso da meningite viral o contágio pode ser por dividir copos e talheres, além de salivas soltas no ar, principalmente durante uma conversa, além de tosse do paciente contaminado e também o beijo.

Geralmente o vírus leva até quatro dias para se manifestar, mas pode ficar encubada até 10 dias. Com exceção da meningite bacteriana, onde a pessoa infectada por chegar a óbito em até 72 horas.

 

Sintomas

São muitos os sintomas que podem suspeitar a doença, mas vale ficar atento aos principais como febre alta, frequência de vômitos, dores de cabeça e manchas espalhadas pela pele.

Considerando estes os principais sintomas, procure imediatamente um hospital, pois os procedimentos médicos já começam a investigar as possíveis causas, com isso, o paciente tem mais chances de recuperação, pois a doença é grave e pode levar a morte em poucas horas.

Independente do tipo de meningite, os sintomas têm as mesmas classificações e só é possível identificar qual o tipo da doença com exames médicos. Por isso, suspeitando da doença é fundamental que o paciente procure a ajuda de um médico.

meningite sintomas

 

Como é feito o diagnóstico

O mais importante exame para diagnosticar a doença é feito com o líquido retirado da espinha, o cefalorraquidiano. Exames de sangue também são fundamentais para identificar a doença.

Em alguns casos pode ser necessária a realização da tomografia computadorizada. Esse exame ajuda a identificar se houve sequelas ou lesões por conta da doença. No caso da meningite, é possível diagnosticar também por meio de exames de fezes e urina.

 

Como é o tratamento

Assim que identificada a doença, é necessário que comece o tratamento, sem perder tempo, pois cada minuto pode ser fatal.

Inicialmente são aplicados medicamentos na veia e o paciente deve ficar internado por alguns dias, para concluir exames e medicamentos, além do isolamento e cuidados para não ocorrer o contagio a outras pessoas.

Quanto mais tempo demorar a identificar a doença e tratar, o risco de sequelas e morte aumenta, podendo causar lesões cerebrais, paralisia motora e até problemas de audição. Geralmente, a meningite viral não deixa o paciente com sequelas.

Existem algumas vacinas que agem contra a meningite, como a tetravalente, penumocociva e meningocócica.

 

Como prevenir

meningiteAlguns cuidados básicos no dia a dia podem ajudar a evitar o contágio. Lavar as mãos frequentemente, principalmente sempre que voltar da rua, trabalho e antes das refeições é indispensável, tanto para o cuidado com a saúde, como também por higiene pessoal.

Sabendo que está em contato com uma pessoa contaminada, são indispensáveis os cuidados preventivos para evitar o contágio.

Não compartilhar objetos pessoais é um bom caminho para evitar a doença.

Diagnosticado algum caso de meningite é de suma importância notificar também as autoridades da saúde, pois a doença é contagiosa e os órgãos públicos devem também tomar algumas precauções para evitar que haja uma disseminação da doença, causando também uma situação de emergência e contágio.

TEMOS MAIS ARTIGOS PARA VOCÊ:

3 comentários em “MENINGITE | Sintomas, Causas e Dicas…

  1. A filha da minha amiga e um bebê descobriu ontem que esta com meningite e ela já estava no CTI a 8 dias tornando antibióticos…pra gastroenterite… ela parou de urinária ontem estou muito preocupada …. disfunção urinária…

  2. Nessa situaçao que existe algumas pessoas que contrairam os dois tipos meningite em determinado bairro de ananindeua,qual atitude do secretario de saude em relaçao evitar que outras pessoas sejam vitimas,haja vista ja houve morte pela doença em escola do bairro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>