Dominio: saudemedicina.com
Chave: 4f41bbe26cb2150d3399d6abc90ed5833fd644bd
Hora do cache: 1466871772
Vida do cache: 1468095993
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: f9bc4ed353b966a60e9e5f09397305f5e150c0ad
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

LORDOSE | Lombar, cervical, dor na coluna

O que é lordose?

Lordose é uma das curvaturas da coluna vertebral (pra dentro). Quando vista de frente a coluna é reta, porém quando a observamos de lado ela possui quatro curvaturas fisiológicas, duas voltadas para trás e duas para frente. As curvaturas que possuem a concavidade voltada para trás são chamadas de lordose. Dentre as lordoses temos a cervical, que fica na região do pescoço, e a lombar, mais perto do abdômen. Quando há alguma alteração nestas curvaturas dizemos que existe um problema de lordose.

As curvaturas que são voltadas para frente são chamadas de cifoses. Estas são estruturas primárias do corpo humano, já que seu desenvolvimento se dá ainda no período embrionário. As lordoses são secundárias, pois somente são adquiridas quando a pessoa aprende a manter a coluna ereta. Estas curvaturas secundárias possuem grande mobilidade e são consideradas extremamente importantes para o movimento.

Qualquer espécie de alteração nestas regiões da coluna vertical acaba influindo no organismo como um todo e pode levar a quadros patológicos. Um aumento na curvatura da lordose recebe o nome de hiperlordose. A redução desta, de hipolordose. A hiperlordose pode ser causada por uma série de fatores, enquanto que a hipolordose possui relação com a chegada de uma idade mais avançada.

coluna vertebral lordose

 

Agente causador

Uma grande variedade de enfermidades pode acabar contribuindo com o desgaste da coluna vertebral. A obesidade, a discite, a osteoporose e a espondilolistese, por exemplo, são algumas delas. Fatores genéticos e ambientais influem muito, assim como trabalhos desgastantes e estilo de vida. A obesidade causa sobrepeso e na tentativa de manter o equilíbrio a pessoa se mantém inclinada para trás, provocando desgastes na coluna.

A diminuição na densidade óssea, como devido à osteoporose, por exemplo, é outro fator que interfere na integridade da coluna vertebral. A hipolordose geralmente possui relação com o passar dos anos. Pacientes idosos costumam apresentar degenerações nos ligamentos e nos discos naturais à idade.

 

Como se descobre a doença (diagnóstico)

O diagnóstico é basicamente feito através de exames físicos e de uma breve conversa com o paciente para analisar os hábitos de vida desta pessoa. Durante o exame físico o médico irá manipular a coluna para identificar possíveis anomalias e irá medir a assimetria da lordosemesma. Também poderá pedir ao paciente que este realize alguns movimentos com a finalidade de calcular a extensão, a curvatura e a flexibilidade da estrutura.

Caso seja necessário o profissional pode ainda requisitar a realização de alguns exames mais específicos. Um raio-x da região mostrará a curvatura da coluna e a sua integridade. Ressonâncias magnéticas também costumam ser pedidas se houver a suspeita de complicações na medula espinhal.

Além disto, o médico costuma fazer uma avaliação neurológica para excluir a possibilidade de outras doenças. Para tanto investiga dores, zumbidos, adormecimentos, fraquezas, espasmos musculares e alterações na bexiga e no intestino. Após a confirmação do diagnóstico, deve-se dar início ao tratamento o quanto antes. Lordoses tendem a incomodar bastante e até mesmo os movimentos mais simples do dia a dia podem ficar comprometidos. Portanto, procure por um médico para levar uma vida melhor.

 

Sintomas

Geralmente, pessoas com problemas na lordose possuem dificuldade para realizar certos movimentos e dores constantes. Quando o problema está na região da lombar, as queixas mais comuns são:

  • Dores no fundo das costas;
  • Fraqueza nos músculos da barriga;
  • Abdômen globoso;
  • Flacidez na barriga;
  • Celulite nos glúteos.

Já quando a lordose é na região no pescoço, as queixas mais comuns são:

  • Rigidez;
  • Dor no pescoço;
  • Fraqueza nos músculos da área.

Pessoas com hiperlordose tendem a andar com uma aparência de “nariz empinado”, isto devido ao aumento da curvatura da coluna vertebral. A hipolordose, por outro lado, torna as pessoas mais “cabisbaixas”, pois a cabeça tende a inclinar para frente, assim como a região da lombar. Diante destes sinais não hesite em procurar por ajuda médica. O tratamento das lordoses costuma ser simples e bastante eficiente. Geralmente, apenas com sessões de fisioterapia e o uso de alguns analgésicos as melhoras são consideráveis. Portanto, converse com o seu médico para avaliar a sua situação.

lordose cervical e lombar

 

Prevenção

A coluna vertebral é capaz de passar anos sofrendo agressões e traumas sem manifestar qualquer tipo de sintoma. Muitas vezes, quando estes surgem, a região pode estar já bastante danificada. Uma das principais medidas preventivas nestes casos é consultar regularmente um médico e realizar exames de rotina. Desta forma é possível se monitorar corretamente a saúde e o organismo.

Manter atenção à postura é um hábito que todos devemos adquirir durante a vida. Esta precisa estar sempre ereta, caso contrário agressões diversas podem estar ocorrendo. Uma boa alimentação também ajuda bastante, pois o corpo fica com o peso ideal e nenhuma área da coluna sofre com sobrepeso. Caso você seja praticante de exercícios físicos, sempre os faça sobre a supervisão de um profissional. Esforços errôneos podem acabar danificando a região das lordoses permanentemente. Acima de tudo, diante de qualquer dor ou sintoma busque por ajuda e não realize automedicações. O uso incorreto de medicamentos pode agravar ainda mais o estado e provocar novas complicações.

 

Tratamento

Este pode ser não cirúrgico ou cirúrgico, dependendo do caso e da vontade da pessoa. Analgésicos, anti-inflamatórios e fisioterapias são medidas que tendem a ajudar bastante na amenização dos sintomas.  Exercícios personalizados, coletes e redução do peso auxiliam no reposicionamento da coluna e na cura das lordoses.

postura coluna vertebral

Caso seja necessário uma intervenção cirúrgica é considerada, geralmente quando há envolvimento neurológico ou quando a curvatura é muito grave. É o cirurgião quem irá decidir o procedimento mais adequado com base nos raios-x e no histórico do paciente. As opções são diversas e os resultados costumam ser bastante satisfatórios. O indivíduo precisa, entretanto, seguir à risca as orientações do seu médico, o uso dos fármacos e as medidas pós-operatórias. Diante de qualquer incomodo procure pela ajuda de um profissional. Muitos sintomas podem acabar sendo indícios de algo mais grave, além, disto, o diagnóstico prévio ajuda para um melhor tratamento. Portanto, cuide bem da sua saúde e consulte um médico regularmente.

27 Comentários

  1. Gostei muito dessa matéria, eu amo demais esse assunto, recomendo esse site pra todos, sempre que posso dou uma passadinha por aqui, parabéns aos administradores do site.

  2. Talita disse:

    Tenho hiperlordose lombar e cifose, descobri a dois anos. Já pesquisei muito. A exatamente dois anos faço RPG para correção da postura, um mês que estou fazendo fisioterapia e acupuntura para amenizar as dores. Mas ja pesquisei e não adianta fazer as fisioterapias e esquecer os exercicios fisicos, para um melhor resultado temos que definir as musculaturas abdominais e lombar, para assim chegar ao famoso cinturão que podera proteger a coluna dos impactos sofridos no dia a dia. Natacao também é uma ótima opção, devido nao ter impacto e a necessidade de alongar o corpo todo para a execução dos movimentos.

  3. daiana disse:

    Acha que tinha dor na coluna . Porém descobri que era escoliose! que exercício recomenda ?

  4. Meu filho fez exames R-X e Ressonancia magnetica, foi diagnosticado com LORDOSE LOMBAR INVERTIDA. Alguem possui esse problema ou conhece pessoas diagnosticada com esse quadro para troca de informacoes ?

  5. Jakqueline disse:

    Bom dia! Fui diagnosticada com lordose invertida cervical. Sinto muitas dores! Fui ao ortopedista e assim encaminhada ao um neurocirurgião em que fui diagnostica com lordose invertida cervical além da hérnia de disco na cervical. O tratamento é cirúrgico para essa lordose. Estou muito tensa e preocupada!!

  6. marina disse:

    porq raio x da coluna precisa de jejum?

  7. carlos alberto disse:

    fiz o raio-x a ressonancia o diagnostico foi lordose cervical e sinto muitas dores nas pernas nos braços eno pescoço e trabalho apulso o que devo fazer doi muito quando estou sentado e quando vou dormir nao estou mais suportando tantas dores

    • Claudiana Carneiro matos disse:

      oi eu também tenho lordose cervical e sinto muitas dores na região do pescoço tem dia que mal levanto da cama eu sinto muitas dores na região das escapulas(como chamadas de par)olha eu já fez varios tratamento já fez fisioterapia acupuntura mais ainda ñ tive melhoras,gostaria de ajuda,eu estava trabalhando mais teve que sair do trabalho pq eu ñ aguentei mais trabalhar por causa de tanta dores

  8. edvania disse:

    estou com lordose a dor encomoda muito estou sem paciencia c0m essa dores

  9. rosangela disse:

    O medico disse q estou com lordose lombar e que tenho q mudar a postura no dia a dia trabalho e em casa gostaria de aprender quais as posturas devo fazer no meu dia a dia??

    • Boa noite, também sofro com a hiperlordose e tenho dois bicos de papagaio na coluna lombar que foram diagnosticados pelo ortopedista.
      A recomendação que o especialista me fez foi pilates, prática que permite o autoconhecimento mais que um treino por treino, Você faz os exercícios sempre acompanhado pelo professor, e vai aos poucos tomando conhecimento dos seus limites e trabalhando suas potencialidades. Além de ser um exercício de baixo impacto, é muito gostoso!! Eu adoro e recomendo… além disso tenho incluído no meu dia-a-dia uma alimentação um pouco melhor e nos fins de semana ando de bicicleta com minhas sobrinhas, outra atividade muito produtiva e prazerosa!!

  10. Gilciomara disse:

    Sessões de quiropraxia resolvem problemas de escoliose e lordose ?

  11. rosimeire disse:

    Estou sentindo uma dor enorme que fica no fim das costas e inicio do bumbuouou gram….nao sei se é lordoze mais estou gravida de cinco meses…vou poder fazer raix x ……

  12. miguel chaves disse:

    como evitar esses problemas na nossa coluna ?

  13. gabriel disse:

    Bom , se eu emagrecer , a lordose some e volto a minha postura correta de certeza ? Ou só talvez ?

  14. Arlene Lucena disse:

    Gostei muito das informações, mas qual médico procurar, ortopedista ou neurologista?

  15. mari disse:

    muito interessante, além de ser importante que as pessoas vejam e procurem melhorar sua saúde.

  16. cildeia sartori disse:

    Eu estou com lordose, e vou falar é uma dor insuportável só quem sente é quem sabe .As pessoas não acreditam o tamanho da dor é horrível e dói tanto que eu fico reclamando sozinha.

  17. daiani lorrayne disse:

    eu sofro muito com dor na coluna,irei ao médico para saber se pode ser lordose.

  18. bianca disse:

    Eu fiz uma ressonancia da coluna cervical e a fisioterapia disse que minha coluna não tem curvatura esta totalmente reta, naõ consegui até agora passar com um especialista de coluna e nem o neuro pra saber qual o melhor tratamento, sinto muita dor. queria um profissional pra olhar o meu exame logo.

    • Helzi disse:

      cuidado as vezes pensamos que e dor na coluna, e o problema sao os rins. Voce tem bebido bastante agua? Faça um exame de urina para ver se tem areias ou pedras. Causa muita dor e vai piorando, se nao identificada.

  19. Paulo Regis disse:

    Quem pode me dizer se e verdade que cada kilo perdido ,interfere em menos cinco kilos na coluna?

  20. Miguel disse:

    Qual o médico (especialidade) que devo procurar para o caso de lordose lombar?

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.