LEUCEMIA | Sintomas, tem cura?

Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > LEUCEMIA | Sintomas, tem cura?

O que é Leucemia?

Leucemia é um tipo de câncer que atinge o sangue e tem origem na medula óssea. A doença afeta os glóbulos brancos do sangue, que são responsáveis por defender o sistema de imunidade do corpo. É como se a defesa do corpo do paciente estivesse doente.

A leucemia afeta, além da perda de defesa do organismo, o fabricação de células que são preparadas para contribuir com as demais funções do corpo do paciente. Existem quatro tipos de leucemia, sendo a aguda, crônica, linfoide e mielóide. A doença pode causar à morte.

  • Leucemia aguda – caracterizada pela rapidez com que as células malignas se espalham, interfere também na produção de outras células sanguíneas. Esse tipo da leucemia é o mais comum, que seus casos aumentam em pacientes na fase de envelhecimento.
  • Leucemia crônica – Diagnosticada geralmente em pacientes com faixa etária de 40 a 50 anos, a doença é uma aberração na formação do feto, lá atrás, quando ocorre a fusão dos cromossomos dos pais, tornando assim uma doença crônica, que já nasce com o paciente e se desenvolve na fase adulta.
  • Leucemia linfoide – Esse tipo de leucemia indica a mudança do câncer em um tipo de célula de medula óssea.
  • Leucemia mieloides – A característica desse tipo da doença é o desenvolvimento a partir das células, em vários estágios do desenvolvimento da leucemia.

leucemia

 

Como se adquire

Não é possível afirmar um causa única para o paciente que sofre de leucemia. Diversos motivos podem levar à doença, entre os fatores mais comuns, destacam-se herança genética, baixa imunidade nas células de defesa do organismo, radiação, entre outros. Má alimentação é um dos fatores importantes para o desenvolvimento da doença, que pode começar com uma anemia e ao longo do tempo, se não cuidada causa leucemia.

 

Sintomas

O paciente que sofre de leucemia pode se atentar com alguns sintomas e procurar um médico para diagnosticar a doença. Os principais indícios são fraqueza, manchas roxas e vermelhas no corpo, frequência de febre, diagnostico de anemia, dores nos ossos e sangramento pelo nariz.

Outros sintomas podem ajudar a identificar a doença, confira:

  • Não sentir fome
  • Dores de cabeça frequentemente
  • Tonturas seguidas de desmaio
  • Queda de cabelos, tanto no couro cabeludo, quanto nas partes íntimas do corpo
  • Sentir sempre muito sono e cansaço

Identificando esses sinais, o paciente deve procurar um médico para informar os sintomas apresentados e fazer os exames indicados pelo médico.

leucemia sintomas

 

Como é feito o diagnóstico

Por ser uma doença no sangue, é indispensável que se faça um hemograma completo, onde será possível avaliar todas as condições do sangue e doenças relacionadas que podem ser diagnosticadas por meio do exame de sangue.

Após esse primeiro passo, existe outro exame indispensável ao paciente, que é o mielograma, para realizar a análise diretamente do local afetado e também para identificar o tipo de célula que está doente e limita a fabricação dos outros elementos sanguíneos.

Por fim, é preciso fazer um exame de medula óssea, para a confirmação definitiva do diagnóstico.

 

Como é o tratamento

Existem várias tipos e fases do tratamento da leucemia.

O primeiro passo consiste em quimioterapia, com o intuito de eliminar do organismo do paciente todas as células doentes.

Na maioria dos casos, os pacientes sofrem muito nessa fase do tratamento, pois a quimioterapia é um procedimento que em muitos casos é eficaz, mas traz desgaste físico e mental ao doente.

Outra opção de tratamento é o transplante de medula óssea, porém só deve ser realizado se o primeiro passo para reestabelecimento do paciente contra a leucemia não alcançar o resultado esperado, pois complicações com infecções e o sistema imunológico não reconhecer as novas células podem trazer problemas. Outra dificuldade do paciente é encontrar um doador compatível e disposto a doar e passar pelo processo cirúrgico.

Depois dessas fases o paciente passará por uma consolidação, que consiste em um tratamento intensivo, onde o doente irá absolver sustâncias não incluídas nas fases anteriores.

A manutenção dos exames e procedimentos médicos é algo que o paciente deve repetir por meses e até por anos, vai depender de cada caso e o médico ira definir a periodicidade do tratamento.

Algumas reações como emagrecimento, queda de cabelo, náuseas e vômitos, diarreia e hemorragia são as mais comuns entre os pacientes em tratamento.

Os efeitos colaterais variam de acordo com cada caso e paciente, pois o organismo de cada um reage de uma forma. É certo que a leucemia é uma doença perigosa, que pode levar à morte, mas pode haver recuperação se o paciente descobrir o câncer precocemente e realizar o tratamento adequado.

 

Como prevenir

Não existe uma receita a seguir, pois a doença acontece por fatores. A melhor forma é manter uma alimentação saudável, realizando exercícios físicos e sempre manter em dias os exames básicos, para que em caso o paciente tenha a doença, possa identificá-la o mais breve possível, pois assim, as chances de recuperação são maiores e o tratamento mais eficaz.

Tags: , , , , ,

5 Comentários

  1. helenice disse:

    gostaria de saber todos os tipos de doencas

  2. helenice disse:

    tenho prolbemas com a minha irma ela esta com uma doenca que se chama hapelori ela nao conseque comer e esta muito magra sente muita fraquesa

  3. crislane alves disse:

    minha cbeça doe muito,meu cabelo cai fora do normal sinto muito sono e fraqueza minha mae faleceu de leocemia sera q eu tenho leocemia tambem….
    ñ sei mais oq pensar vou ao medico amanha e deus vai mim ajuda tomara q ñ seja nada grave….

  4. fernanda resende disse:

    Minha prima tem leucemia queria sabe se essa doença exesti cura?

Deixe o seu comentário!