LARINGITE | Sintomas, Tratamento e Causas

Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > LARINGITE | Sintomas, Tratamento e Causas

Laringite

Esta é uma doença inflamatória da laringe que pode ser tanto aguda quanto crônica. Acomete pessoas de todas as idades e pode ser infecciosa ou não. Neste artigo vamos falar um pouco a respeito da laringite considerando os seguintes tópicos:

 

  • O que é laringite;
  • Como se adquire;
  • Quais são os sintomas;
  • Como é feito o diagnóstico;
  • Como é o tratamento;
  • Como prevenir.

 

O que é laringite?

Doença inflamatória da laringe que agride pessoas de todas as idades e sexos, a laringite pode ser do tipo aguda, quando dura apenas alguns dias ou do tipo crônica, com duração de cerca de 3 semanas. Apesar de não ser um transtorno grave e de possuir fácil tratamento pode gerar complicações quando se manifesta em crianças pequenas. Isto porque, em certos casos, o inchaço na traqueia e na laringe pode até mesmo obstruir a passagem de ar.

 

Como se adquire?

laringiteA inflamação aguda na laringe, geralmente, é decorrente de algum processo infeccioso no trato respiratório. Esta infecção pode ter sido causada por vírus, bactérias ou fungos, por exemplo. O tabagismo e a idade avançada são fatores que deixam o indivíduo mais predisposto ao quadro. Exposição à fumaça ou substâncias irritantes também são fatores de risco.

Uma infecção também pode acabar deixando a pessoa mais vulnerável a processos crônicos de laringite. Esta pode ser ocasionada por fatores não infecciosos como lesões traumáticas, doenças do refluxo gastroesofágico, distúrbios endócrinos e crupe espasmódico.

Situações que geram tosse excessiva acabam irritando a região, assim como o consumo de álcool e o uso irregular das cordas vocais. Estes também são, portanto, fatores contribuintes à laringite.

 

Quais são os sintomas?

Tende a variar bastante de acordo com a intensidade e com o motivo desencadeante. O prejuízo à voz é um dos sintomas mais facilmente notados. A pessoa pode desenvolver desde uma simples rouquidão até uma incapacidade de se comunicar através de sons.

A tosse pode ser uma causa da laringite ou um sintoma. Esta costuma parecer bastante com o latido de um cachorro. Quadros de febre e inchaço na região também são frequentemente notados. Crianças ficam com dificuldade para dormir e para respirar. A garganta pode ficar seca e dolorida. Incômodos ao falar e ao engolir são também indícios de uma laringite.

laringite sintomas

 

Como é feito o diagnóstico?

Diante dos sintomas descritos acima, muitas pessoas logo costumam procurar por auxílio médico. O especialista irá realizar exames clínicos e fazer algumas perguntas ao paciente. Para a confirmação do diagnóstico pode ser solicitado uma laringoscopia. Radiografias e outros exames laboratoriais também podem ser indicados para que não restem dúvidas quando à causa do problema. Após a confirmação do diagnóstico, o tratamento deve ser iniciado imediatamente.

 

Como é o tratamento?

Em alguns casos de laringite aguda causadas por infecções virais ou bacterianas, por exemplo, muitos dos sintomas tendem a desaparecer sem necessidade de tratamento. Laringites crônicas, por outro lado, costumam requisitar uma atenção mais especial e até mesmo cirurgia.

Repouso de voz e inalações podem ajudar muito a diminuir o desconforto na área. Dependendo da causa da laringite pode ser prescrito o uso de antialérgicos ou de antibióticos.  Outros medicamentos para alívio dos sintomas também podem ser indicados, entretanto, somente o médico poderá avaliar qual é a melhor abordagem. Casos graves de laringite crônica podem resultar até mesmo na retirada da laringe por completo. Radioterapias e quimioterapias também costumam ser medidas necessárias em algumas circunstâncias.

laringite tratamento

 

Como prevenir?

Simples atitudes podem ajudar na prevenção de uma laringite. Evitar fumar, consumir álcool em excesso e manter uma boa alimentação, por exemplo, são algumas delas. Tenha cuidado com as suas cordas vocais, mantenha-as sempre lubrificadas, ingira líquidos constantemente e não aumente o tom de voz sem que haja necessidade. Evite compartilhar copos, talheres e alimentos. Desta forma muitas infecções podem ser prevenidas. Bons hábitos de higiene também é algo fundamental.             Durma bem, não tome líquidos gelados e nem muito quentes e não grite com frequência.

Diante de quaisquer sintomas consulte sempre um médico especialista para receber o tratamento adequado. A grande maioria das doenças, quando diagnosticadas previamente e quando recebem o devido tratamento, não deixam sequelas e não geram complicações mais graves. Portanto, cuide bem da sua saúde e esteja sempre em dia com a sua consulta ao médico.

Tags: , , , , ,

4 Comentários

  1. Eu queri SABER PORQUE SO ADRENALINA NO HOSPITAL PODE DAR NAO PODEMOS DAR OU TOMAR,EU TENHO INALADOR

  2. MARISTELA DE JESUS RODRIGUES disse:

    minha filha de 5 anos tem crise asmática e agora o medico constato que ela está com laringite a mais de cinco dias isso é perigoso?

  3. suzy souza disse:

    Minha sobrinha de 2 anos tem laringite, diagnóstico médico! Mas porém até hoje não indicaram tratamento à ela, apenas quando tem crises corremos com ela até a emergência mais próxima para que fassam ADRENALINA para voltar a respirar normalmente. No caso dela as crises são frequentes desde o seu primeiro ano de vida, seria caso de cirurgia paa retirada da laringe?

Deixe o seu comentário!