Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > IMPINGEM | Tratamento, Micose de Pele

IMPINGEM | Tratamento, Micose de Pele

O que é impingem?

É uma das micoses superficiais de pele que, muitas vezes também recebe o nome de “tineas”. Este quadro é causado, geralmente, por algum tipo de fungo que acomete a região. Os fungos estão em toda parte e a doença é bastante contagiosa. Existe até mesmo um número grande de fungos vivendo em nosso corpo, em perfeita harmonia com o organismo humano. Quando estes encontram, por outro lado, as condições propícias para reprodução, acabam se multiplicando e causando transtornos de saúde.

A queratina, uma substância encontrada em toda a superfície cutânea, é a que mais serve de alimento para estes fungos. Locais úmidos, quentes e pessoas com baixa imunidade são condições ideais para o crescimento da população destes microrganismos.

As “tineas” são as micoses que se manifestam tanto em adultos quanto em crianças. Variam de acordo com o local afetado e com o agente causador. A impingem é a micose que atinge a pele. A “tinea” de cabeça é mais comum em crianças e é muito contagiosa. Neste caso o local afetado é o couro cabeludo e as lesões provocam falhas nos cabelos. A “tinea” dos pés também é bastante frequente e causa descamação na parte de baixo dos pés. A interdigital, também conhecida como frieira, provoca descamação, coceira e fissuras nos meios dos dedos dos pés. Já a inguinal gera áreas bem avermelhadas com descamações localizadas nas nádegas e também nas coxas.

 

Agente causador

As micoses costumam aparecer na pele e podem acometer diversas regiões. No caso da impingem atinge a pele em geral, sem ter um local mais específico de desenvolvimento. Por este motivo é também muitas vezes chamada de “tinea” do corpo. As infecções que são causadas por fungos recebem o nome de micoses. São agressões bem diferentes das causadas por vírus ou bactérias.

As micoses são contagiosas. Além disto, muitos fungos já estão constantemente em contato conosco, vivendo até mesmo junto ao organismo em perfeita harmonia. Quando estes encontram locais cheios de comida, por exemplo, a queratina, quentes, úmidos e com baixa imunidade multiplicam-se descontroladamente dando origem a quadros de micoses.

tinea corporis impingem

Como se descobre a doença (diagnóstico)

A análise clínica costuma ser bastante favorável, já que o aspecto das lesões é muito característico. Uma breve conversa com o paciente também pode trazer alguns resultados.  Para a certeza do diagnóstico o médico pode solicitar a realização de alguns exames como, por exemplo, o exame micológico cultural e direto. Neste procedimento faz-se a raspagem do material que é levado para análise em laboratório. É extremamente importante a realização deste exame para poder se excluir uma série de outras complicações que poderiam ter relação com os sintomas.

Após o diagnóstico do que vem causando tais lesões o tratamento deve ser iniciado. Este é bastante favorável e, muitas vezes, possui curta duração. Diante de qualquer tipo de ferida, lesão ou coceira na pele, não deixe de consultar um médico especialista para que este avalie corretamente todas as hipóteses de transtornos. Nunca realize auto medicações.

 

OUTROS ARTIGOS RELACIONADOS:

 

Sintomas

impingemAs lesões que são provocadas quando a pessoa está com impingem são bem notáveis e características. É comum, desta forma, que logo um médico seja procurado. Estas são causadas por fungos em multiplicação no local afetado e possuem um aspecto de bolha. No início as bolhas são vermelhas, purulentas e preenchidas com um líquido de cor clara. Elas são arredondadas e coçam muito. Após um tempo estas bolhas tendem a secar e geram uma crosta amarela que, facilmente, se desprende da pele do paciente.

Os sinais que evidenciam um quadro de impingem são, portanto:

  • Lesões avermelhadas com bordas definidas e centro mais claro;
  • Coceira na região que foi afetada;
  • Bolhas com bordas escamosas;
  • Exantema (erupções na pele).

Diante destes sintomas um médico deve ser procurado para o correto diagnóstico. É importante que se isole casos mais preocupantes de doenças na pele para que o tratamento correto seja introduzido e tenha resultados satisfatórios. Nunca deixe de consultar um médico quando o seu corpo está lhe enviando sinais como estes.

 

Prevenção

A impingem é altamente contagiosa, além de poder se desenvolver espontaneamente quando em condições favoráveis. Para evitar um quadro deste tipo muitas medidas podem ser tomadas como, por exemplo, não compartilhar objetos pessoais do tipo calçados, pentes, bonés e toalhas. Evitar utilizar roupas justa também pode ajudar bastante. É preferível, inclusive, o uso de tecidos de algodão sempre que possível. Evite roupas de tecido sintético, principalmente roupas íntimas.

Não ande descalço em locais úmidos, como saunas e vestiários. Após tomar banho seque muito bem todas as regiões do seu corpo, com atenção especial às dobras, como axilas, entre os dedos e as virilhas. Não manipule terra sem uso de luvas especiais e, na manicure, leve sempre seu alicate, tesoura e lixa. Dê preferência a calçados ventilados e mais largos. Evite utilizar o mesmo sapato dois dias seguidos.

Não ande sem sapato em locais públicos como ruas e praias. Evite praias que são frequentadas por animais, como cachorros e gatos. Através destas simples medidas não somente a impingem como diversas outras infecções podem ser evitadas. Adquira estes hábitos.

impinge

 

Tratamento

Este deverá ser prescrito por um médico especialista. Não utilize medicamentos indicados por amigos, pois pode dificultar o tratamento. Somente um profissional consegue avaliar corretamente a situação e indicar a melhor abordagem. Diante de um quadro de impingem, normalmente será solicitado o uso de antifúngicos tópicos. Será preciso fazer a higiene da área afetada, lavando e secando muito bem o local, e, após isto, fazer a aplicação da pomada.

Dependo da gravidade da micose, alguns fármacos via oral podem ser prescritos. O tratamento, quando feito com disciplina e durante o período necessário, tende a ser bastante favorável. O importante é consultar um dermatologista assim que os sintomas começarem a surgir. Desta forma a doença não será mascarada, e sim tratada.
É incorreto ficar arrastando doenças e sintomas por períodos prolongados. Além disto, sua saúde pode ficar seriamente comprometida caso sejam sintomas de que algo mais grave está acontecendo. Não deixe de consultar um médico. Sua saúde precisa vir em primeiro lugar.

TEMOS MAIS ARTIGOS PARA VOCÊ:

145 comentários em “IMPINGEM | Tratamento, Micose de Pele

  1. Gostaria de saber melhor sobre isto. Pois tenho nas costas umas cascas que cosao muito todos disem que e inpegem mas olhando as fotos nao parecem. Gostaria de ajuda obrigada.

  2. A impigem e muito comum, por isso aparece novamente mas e só ter cuidados de não usar sapato de quem não se conhece mesmo assim pode pegar em praias piscinas em banheiro publico ou coletivo, mas é bom ter em casa sempre um remedio para quando aparecer em alguém da familia uma pomada chamada Cetoconazol+dipropionato de betametasona+sulfato de neomicina, tem que ter toda essas composição porque não tem efeito se não tiver todas essas composições, e em cinco ou sete dias já sumiu, e importante usar direito 2 vezes por dia no mesmo horario porque o fungo pode ficar mais resistênte.

  3. O MELHOR REMEDIO PRA IMPINGEM E LEITE DE MAMAO, VAI ARDER UM POUKINHO QNDO VC PASSAR MAS GARANTO Q MELHORA. E BRUTO MAS MELHORA. PS MEU TECLADO TA 100 ACENTO.

  4. IMPORTANTE, leiam: USEI QUADRILON, duas semanas, 3 vezes ao dia em grande quantidade, passou, já tem UM MÊS E NÃO VOLTOU, espero que os ajudem. Se estiver muito grande, é indicado no mínimo usar por 4 semanas. OBS: usem até sumir totalmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>