Herpes Zóster

Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > Herpes Zóster

O que é herpes zoster?

É uma doença infecciosa, dolorosa e que produz lesões na pele de acordo com o trajeto dos nervos acometidos. Popularmente conhecida como “cobreiro”, esta herpes não deve ser confundida com a herpes simples. Nesta enfermidade o agente etiológico é um vírus que recebe o nome de Varicela-zoster e que também provoca a catapora, complicação muito comum na infância.

A catapora é transmitida de pessoa para pessoa e provoca vesículas no corpo todo. Estas pequenas bolhas são cheias de líquidos e, em determinado momento, secam e caem. Na maioria das vezes a cura é espontânea, o vírus, entretanto, pode ficar incubado em algum nervo depois de ter causado a catapora. Quando isto ocorre em organismo predispostos, a herpes zoster se manifesta.

O vírus incubado consegue, por motivos ainda não muito bem formulados, caminhar pelo nervo acometido provocando lesões parecidas com a da catapora. Estas nunca ultrapassam a outra metade do corpo e costumam ser bem dolorosas. Quando o local acometido é a face deve-se tomar o dobro de atenção, pois as complicações na visão podem ser severas. Toda forma de herpes zoster necessita de tratamento, já que muitos transtornos podem ser provenientes de tal disfunção.

Agente causador

É o vírus da catapora que, quando reativado, provoca alterações na pele e uma série de sintomas. Após a reativação os primeiros sinais tendem a demorar em média dois dias para surgir. Tal complicação acomete mais adultos do que crianças e pode provocar muita dor.

Não é transmitida de pessoa para pessoa, porém deve-se tomar cuidado com a manipulação das feridas, já que estas contém um líquido extremamente contagioso, o que poderia, no caso, ocasionar uma transmissão. Em grande parte dos indivíduos há um equilíbrio entre o sistema imunológico e a presença do vírus nos nervos.  Quando a defesa do organismo baixa um pouco o Varicela-zoster pode se manifestar. Portanto, situações de stress, doenças diversas e traumatismos, por exemplo, são fatores que levariam a herpes zoster.

 

Como se descobre a doença (diagnóstico)

O diagnóstico é basicamente clínico. Quando as lesões surgem muitas pessoas logo procuram por ajuda, o que é imprescindível, já que as complicações podem ser graves. Um exame físico e uma conversa com o paciente, para levantamento do histórico de vida e do histórico familiar, tendem a resultar em bons índices para a detecção da doença.

Alguns exames laboratoriais e testes sorológicos podem ser solicitados pelo médico para que se possa estabelecer um diagnóstico diferencial. Em certos momentos a herpes zoster possui sintomas bastante comuns a outras doenças, assim como a aparência das lesões. Deve-se investigar todas as possibilidades para que o diagnóstico seja correto. O desenvolver da doença pode ser cruel e esta necessita do devido tratamento. Algumas das enfermidades que podem ser confundidas com a em questão e que devem ser excluídas são a varíola, o impetigo e o eczema herpético, por exemplo.

Após a certeza do diagnóstico um tratamento deve ser iniciado o quanto antes. Os sintomas precisam ser amenizados e as lesões contidas. Quanto mais precoce for a detecção da doença e quanto mais rápido for implementado o tratamento, menor será a destruição do nervo acometido.

herpes zoster fotos

 

Sintomas

Quando o vírus é ativado logo surgem os primeiros sintomas. A pessoa sente dor e um leve formigamento no local onde aparecerão as vesículas. Pode ocorrer febre e uma vermelhidão na região que será atingida. As lesões tendem a surgir em média dois dias após os primeiros sinais. Caso a saúde da pessoa esteja em boas condições a herpes zoster costuma desaparecer espontaneamente em uma semana ou pouco mais.

Como a doença atinge um nervo a inflamação pode provocar dores consideráveis na região. Esta é chamada de nevralgia e costuma ser mais forte em adultos do que em crianças ou jovens. Em organismos muito debilitados a herpes zoster pode provocar complicações severas. De forma geral, os principais sintomas são:

  • Febre discreta;
  • Erupções na pele que seguem o caminho de um nervo;
  • Dor na região;
  • Bolhas com líquido;
  • Sensação de formigamento;
  • Sensibilidade local;
  • Prurido;
  • Queimação local;
  • Irritabilidade;
  • Mal estar generalizado.

Diante destes sinais não deixe de consultar um médico especialista. A herpes zoster pode provocar danos severos no organismo quando não tratada, especialmente se o nervo atingido for algum da face, por exemplo. Infecções bacterianas também podem ser causadas devido às lesões, assim como paralisia e certos tipos de artrite, portanto, não hesite em procurar por ajuda.

 

Prevenção

A vacina contra o catapora é, talvez, a principal medida preventiva a ser tomada com relação a herpes zoster. Pessoas que já tenham tido catapora devem ficar atentas à saúde do organismo para que o vírus não volte a ser ativado. Para tanto, deve-se evitar, por exemplo, situações de estresse.  Manter hábitos de higiene saudáveis é importante na prevenção não somente desta como de diversas outras doenças, pois muitas infecções deixam a defesa do organismo baixa.herpes zoster

Uma série de substâncias ilícitas também podem deixar pessoas com a imunidade baixa, assim como uma dieta desregulada. Indivíduos que possuem um organismo forte e saudável não tendem a ficar vulneráveis a complicações como estas, portanto, cuide bem da sua saúde.

 

Tratamento

Na grande maioria das vezes a cura é espontânea, porém, as complicações podem ser tão graves que é imprescindível um acompanhamento médico durante este percurso. Antivirais orais ou tópicos podem ser indicados para o tratamento das lesões. Já analgésicos são indicados para o alivio das dores. Soluções antissépticas são úteis na prevenção de infecções bacterianas. Caso haja infecção secundária, antibióticos podem ser prescritos.

O repouso é importante para um bom resultado. A reincidência é difícil em organismos saudáveis. Quanto mais rápido o diagnóstico, melhor tende a ser o prognóstico, portanto, não deixe de procurar por ajuda diante dos primeiros sinais. Pessoas com o sistema imunológico muito debilitado podem precisar de um tratamento mais intenso e prolongado. As complicações existem e podem ser severas, entretanto, quando o diagnóstico é precoce e o tratamento é seguido à risca, a cura é praticamente certa.

Tags: , , , , , , ,

30 Comentários

  1. kleute ferraz resges sultanum disse:

    Estou com o viros da catapora emtubado,agora apareceu um vermelgão com bolhas que quimam como fogo,passei talco septico ,e hoje fui ao médico .Me passou uma pomada e me diz que tenho que ir na oncologista pois tenho linfoma linfatico ,nodulos pulmonares e efizema.Locar abaixo do sei esquerdo subindo a mama. grata

  2. kleute ferraz resges sultanum disse:

    e mais estou com a imunidade baixa(nome viros da catapora herpes zoster

  3. juliete rodrigues disse:

    nossa dia 28 de novembro…miha imunidade abaixou fiquei 1 semana internada co o virus da herpes zoster.estagio bem avansado…no corpo todo principalmente em areas genital…sofri demais e eu me incho toda…agora sai do hospital..to melhor graças a DEUS,,,

    • ALICE disse:

      Juliete Rodrigues, pergunte ao seu médico se ele pode passar uma receita para vc manipular L- LISINA 1000 mg que nunca mais vai aparecer o herpes em vc ou pelo menos por um longo tempo. Boa sorte!

  4. JEFFERSON disse:

    eu tenho 21anos e pegai viros herpes. minha vida nao tessm mais sabor nao tenho vomtae de viver pesso a deus que tire isso de mim eu quero viver estou sofrendo nao tem cura só deus pode me ajudarr deus me ajuda tira isso de mim

  5. luan disse:

    no dia 8 de fevereiro EU acordei com uma mancha avermelhada na altura do peito,nao dei muita importancia mais no longo dos dias a mancha foi almentando e estar horrivel agora eu fui nessa quarta feira no hospital e a medica falou que e herpes zoster me passou uma bateria de remedio maS posso dizer que vou ficar curado no nome do SENHOR JESUS

  6. Helen Alves disse:

    Estou há 5 dias sentindo dor e queimação na região glutea com irradiação para a cocha, já apareceram algumas bolhas que estão cicatrizando, mas continuo com sensibilidade alterada nesses locais, gostaria de saber se existe um exame laboratorial expecifico para essa doença? Qual?

  7. Helen Alves disse:

    Eu tive catapora aos 10 anos de idade, e agora sempre que vou gripar ou menstruar aparecem esses sintomas. O que fazer se já faço uso da medicação tópica?

  8. Maria disse:

    Gostaria de saber se a herpes zoster volta a atacar quem já teve. Obrigada!

  9. mario roberto disse:

    tenho herpes zoster na parte de ombro e braço a dor e constante nao para ja tomei de tudo
    tem dia que a dor que nao da pra fazer nada fica 3 minuto mas e intensa e da ate depresao

  10. mario roberto disse:

    tenho herpes zoster na parte de ombro e braço a dor e constante nao para ja tomei de tudo
    tem dia que a dor que nao da pra fazer nada fica 3 minuto mas e intensa e da ate depresao fais 4 anos como devo fazer par passar a dor agora mesmo to com dor
    no inverno parece que doi mais porque com blusa sera e no verao tb doi tenho que ficar sem
    camiseta
    que de fazer para parar de doer

    • Cesar Bastos disse:

      Oi Mário!
      Não sei q remédio o médico te receitou. O meu passou Citoneurim 5000. Me disse q o vírus danifica uma proteção do nervo em algum lugar do corpo e esse medicamento ajuda a restabelecer.
      Votos de restauração plena!
      Aguardo.

      Cesar Bastos

  11. jeferson reis disse:

    eu tenho isso

  12. simone disse:

    descobri que estou com herpes zoster,tenho a imunidade baixo pq tenho lupus,esta na regiao do queixo.estou tomando aciclovir de 6hs,6hs e usando pomada aciclovir tbm espero que melhore!e horrivel!sorte á todos

    • Cesar Bastos disse:

      Olá Simone!
      Tenho 49a e estou com herpes-zoster nas costas (2 feridas). Vc já ficou boa? Diga-me como foi seu tratamento.
      Aguardo,

      Cesar Bastos – taxista de Salvador

      • Juliane disse:

        Tive herpes zoster faz 12 dias, fui ao médico 2 dias. Depois que apareceu, mas graças a Deus quase cicatrizou. A médica receitou Penvir 500 mg, tomei por 7 dias de 8/8 horas . Quanto antes o tratamento for iniciado é melhor pois pode virar uma neurite pós herpética , o que aconteceu com minha mãe ( nervo inflamado). Espero que possa ser útil essa informação

  13. ana santos disse:

    estou sofrendo com esta doença também, e estou com medo.

    • Cesar Bastos disse:

      Oi Ana!
      Creio q já tenha se curado.
      O medo não resolve nada. Enfrenta tudo com fé nAquele q é nosso Pai. Ele nunca nos abandona.
      Aguardo boas notícias!

      Cesar Bastos taxista de Salvador

  14. Gi disse:

    Ja tive quando pequena tinha uns 09 anos …

  15. carmem disse:

    fiz uma cirurgia no nariz pois estava com carcinoma basocelular foram feitas biopsia e não tenho mais nada mas o cirurgião plastico queimou bastante a pele do nariz e até agora não cicatrizou voltei e ele receitou pomada mas não m explicou como passar e passei e coloquei gaze e cobri e isso desencadeou uma inflamaçao q ja voltei varias vz e nenhuma pomada da certo melhora o primeiro dia mas depois começa tudo novamente quando passo paresce q esta cheio de bichinhos andando coça, arde uma sensaçao horrivel agora esta formando até feridas tinha bolhas q passo pomada da sensaçaõ q a pele esta solta a noite piora o medico esta viajando ele m disse q é dermatite mas acho q é herpes a noite passada fiquei desesperada passei até vinagre ai consegui dormir meu nariz esta feio não sei o q fazer já faz 40 dias q fiz a cirurgia por favor m diz o q fazer hoje comecei a passar aciclovir por minha propria vontade

  16. andriellegeovana ribeiro dos santos disse:

    ola meu nome é Andrielle tenho 13 anos e tenho herpis nas costas e estou fazendo o tratamento certo estou usando a pomada só que a medica falou que ese éo unico tratamento e se n der serto n tem mais tratamento estou com mede se alguem poder me ajude!!!

  17. Jonas disse:

    Estou com herpes zoster na parte da frente/lado de dentro da coxa e um pouco na parte de trás da cintura, faz uma semana e já está quase todo cicatrizando, tem algum problema esse local?

  18. Cesar Bastos disse:

    Tenho herpes genital e não tenho aquelas bolhinhas a quase um ano. Acredito q estou conseguindo manter minha imunidade alta. Estive numa clinica pediátrica acompanhando meu netinho 2 anos(filho da enteada) e notei coceiras na mão e pescoço. Após 4 dias apareceu erupções nas costas e minha esposa q é enfermeira acertou no diagn herpes zoster confirmado pela dermatolog, q me receitou Aciclovir creme3x ao dia) e comprimidos 40mg por 8 dias de 4 em 4 horas. limpeza com água boricada 3% com uso de gaze estéril, e 3 injeções de Citoneurim 5000 1 por dia a cada 3 dias. Repouso e isolamento social pelo fato de ser contagioso. Ele disse q fiz a coisa certa logo q apareceu sintomas. Procurei o médico e botei o táxi na garagem até ficar bom. Espero não ter q ficar internado. Farei orações por mim e vcs! NOSSO DEUS NUNCA NOS ABANDONA, MAS TEMOS Q LHE PEDIR HUMILDEMENTE. A dor nos aproxima dEle, e Ele nos atende com todo AMOR.

  19. ana disse:

    cheguei do medico e ele falou que estou com essa doenca 10/09/13

  20. maria disse:

    Como tenho muitas alergias eu comecei com uma coceira no braço, mais achei que era só mais uma das alergias causada por produtos de limpeza. daí a lesão começou a doer e queimar, e tomei um anti alérgico e pensei que ia passar mais só piorou; fui no médico do meu convênio e nem conseguir passar de tão cheio, já ia desistindo, mais preferi correr num pronto socorro poi as bolhas começou a passar p/ o rosto.
    quando cheguei ao médico ele só olhou para mim e me disse que era um caso de herpes- zóster e eu questionei pois duvidava, ele me passou para tomar: durante cinco dias uma injeção em dias alternados de (dexadoze)”acetato de dexametasona+cianocobalamina+cloridrato de tiamina+cloridrato de piridoxina-4mg/ml+5000ug/2ml+100mg/2ml+100mg/2ml.e uma pomada de dexametasona, começei com a alergia e só fui passar no médico uma semana e meia depois quando ele me receitou fiquei com medo de tomar a injeção sem ouvir uma segunda opinião e quando acordei no outro dia meu rosto estava tomado de feridas, elas se espalham muito rápido e fui imediatamente tomar a injeção na farmácia.
    Na primeira dose já surge o efeito e a pomada seca e melhora as dores dos ferimentos, tomei três doses um dia sim e não e já passou os ferimentos do rosto e no braço só ficou as manchas e um pouco de ressecamento isso já no quarto dia após tomar a injeção.
    Nunca espere piorar para procurar um médico, procure sempre nos primeiros sintomas.
    CUIDADOS QUE TIVE: não usei a mesma toalha que secava os ferimentos em outra parte do corpo, no início não sabia e acho que por isso passou para o rosto; lavei os ferimentos com sabão de glicerina e sequei muito bem antes de passar a pomada isso três vezes ao dia; e não me expus ao sol, pois aumenta a dor; maquiagem e cremes nem pensar pelos produtos químicos que possui. Procurei também não como nada que inflame mais como ovo, carne de porco…; Espero que tenha ajudado!

  21. Claudia Fernandes disse:

    Tive herpes zoster no anus.Meu ginecologista analisou as lesoes e disse com toda afirmaçao que o zoster atinge tb a regiao genital.
    Nunca fiz sexo anal e a 3 anos fiquei viuva.Nunca mais tive qualquer relaçao e cheguei ate a ficar depressiva por conta dessa herpes.
    Acreditava que o zoster nao atingisse a genitalia, mas fui muito bem acessorada pelo medico e medicada, sendo lembrada que e possivil sim a recidiva dessa doença, e nao tao rara como muitos dizem.
    As micro bolhinhas de agua transparente, romperam-se e secaram, sem formar qualquer casca, porem demorou mais de um mes para curar.

    O tratamento foi feito com aciclovir de 400mg e com candicort creme.

  22. Claudia Fernandes disse:

    PS: Alem das bolhinhas, tive muita dor nos assos da nadega, dor na costela do lado esquerdo, justamente do lado onde tive as lesoes no anus e muita dor de cabeça.

  23. paulo disse:

    minha mae pegou herpes ela disse que doi muito o que fazer para diminuir a dor

Deixe o seu comentário!