Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > Hepatite C

Hepatite C

O que é a hepatite C?

É uma enfermidade que acomete o fígado, levando à inflamação do órgão e ao comprometimento de suas funções. A evolução da doença pode ser crônica ou aguda, sendo que a mesma é provocada por um vírus chamado VHC.

A principal forma de transmissão da hepatite C é pelo contato com o sangue e com secreções contaminadas pelo agente. A primeira vez que o vírus foi descoberto foi no ano de 1989, o que permitiu mais testes e um maior conhecimento da doença. Em 1992 um exame para identificação do anticorpo foi lançado, o que tornou mais fácil localizar o vírus no sangue.

Hoje em dia ele está espalhado pelo mundo todo. Em todos os países, sejam eles desenvolvidos ou subdesenvolvidos, a hepatite C está presente. A doença acomete homens e mulheres de diferentes idades, sendo que os sintomas variam de acordo com a intensidade da agressão e com o organismo do paciente. Em alguns casos o quadro piora a ponto de fazer a pessoa desenvolver um câncer hepático ou uma cirrose. Ainda não há uma vacina para a doença, no entanto, diversas medidas preventivas podem ser tomadas com o intuito de se proteger da doença.

Hepatite C

 

Sintomas da hepatite C

Pode-se dizer que, de uma forma geral, os sintomas da hepatite C são:

  • Mal estar;
  • Febre;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Icterícia;
  • Dores pelo corpo.

Os sinais desta enfermidade são bastante parecidos com os da hepatite A e B, no entanto, um diagnóstico diferencial é fundamental. Muitas vezes a pessoa somente percebe que está doente tarde demais, já que em diversos casos a hepatite C é assintomática, ou seja, não manifesta sintomas. Com isto, o indivíduo deixa de procurar por ajuda e, quando o faz, pode ser tarde demais.

Uma hepatite C pode progredir e deixar uma pessoa com câncer no fígado ou com cirrose, além de outros transtornos de uma forma geral. Procurar um médico diante dos primeiros sintomas é de extrema importância. Realizar exames de rotina também, já que muitas vezes a doença não deixa pistas de sua existência.

 

Diagnóstico e tratamento

Durante a pesquisa pela enfermidade geralmente é realizada uma procura pelos anticorpos que combatem o vírus causador da hepatite C. Entretanto, na grande maioria das vezes a enfermidade é descoberta por acaso, em exames de rotina ou na investigação de outras doenças.

Todos os indivíduos que tenham feito transfusão de sangue antes do ano de 1993 necessitam fazer um teste anti-VHC, pois nesta época ainda não se testava a existência do vírus no sangue das bolsas. O tratamento para a enfermidade conta com uma série de medicamentos que combatem o vírus. Alguns são injetáveis outros são via oral, sendo que o processo demora em média de 6 meses a 1 ano para ser completo.

Durante o tratamento é comum haver perda de cabelo, dores pelo corpo, febres, depressão, emagrecimento e vômitos. O cansaço é extremo e pode haver até mesmo confusão mental. As chances de cura dependem do tipo de vírus.

TEMOS MAIS ARTIGOS PARA VOCÊ:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>