Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > Gastrite Nervosa

Gastrite Nervosa

O que é a gastrite nervosa

Este mal possui cura e os cuidados com a alimentação e com a saúde são as principais medidas para evita-lo. Sofrer de gastrite nervosa pode incomodar e muito. O estomago parece estar em chamas e qualquer atividade do dia a dia fica difícil de ser realizada.

A gastrite nervosa acomete tanto homens quanto mulheres de todas as idades. Ela é caracterizada por uma inflamação no estomago devido a problemas diversos como o estresse, a ansiedade, o nervosismo e a má alimentação.

Os sintomas desta enfermidade são bastante parecidos com o da gastrite comum. Eles tendem a surgir de repente e costumam permanecer por em média até 3 dias. A ingestão de medicamentos pode levar ao desenvolvimento de uma gastrite nervosa, no entanto, os distúrbios emocionais estão entre as principais causas. Além disto, a má alimentação é também um poderoso fator.

Indivíduos que sofrem com gastrite nervosa devem evitar consumir alimentos gordurosos, frituras e chocolates, por exemplo. A ingestão de álcool também deve ser reduzida, assim como o hábito de fumar necessita ser cortado. Diante dos sintomas não hesite em procurar por um médico. Esta enfermidade precisa ser tratada para que novas complicações não surjam no futuro.

gastrite nervosa

 

Sintomas

Os sintomas da gastrite nervosa são bem parecidos com o da gastrite comum. Estes tendem a aparecer de repente e podem permanecer até mesmo por dias. Situações de estresse, de ansiedade e a má alimentação são possíveis agentes causadores da doença. Podemos dizer de uma forma geral que os sintomas da gastrite nervosa são:

  • Sensação de saciedade antes do término da refeição;
  • Má digestão;
  • Sensação de que a comida não está sendo digerida;
  • Enjoos;
  • Vômitos;
  • Estomago e esôfago queimando;
  • Vontade de arrotar;
  • Dor no abdômen;

Estes são apenas alguns dos sintomas da gastrite nervosa. Apesar de parecem inocentes, estes sinais necessitam ser avaliados. Sofrer da condição pode ser algo bastante incomodo, entretanto, o tratamento existe e deve ser buscado. Quanto antes este tiver início melhores serão os resultados. Portanto, não deixe de buscar por ajuda.

 

Tratamento

Na grande maioria das vezes a gastrite nervosa é provocada por fatores emocionais. Aprender a identificar o gatilho que leva ao problema é uma poderosa arma de prevenção. Indivíduos que constantemente enfrentam situações de queimação no estomago, de azia, má digestão e de dores necessitam cortar ambientes estressantes e viver com ansiedade.

Ter atenção ao que se come também é importante. Alimentos gordurosos, frituras, chocolates e condimentos devem ser evitados. É aconselhável dar preferência a legumes cozidos e a carnes grelhadas, por exemplo. Reduzir o consumo de álcool e cortar o cigarro são medidas que podem auxiliar no tratamento.

Alguns medicamentos são capazes de aliviar os sintomas, por isto um médico deve ser consultado. Adotar outros hábitos de vida também ajuda como evitar se deitar depois de comer e não beber muito líquido durante as refeições. Calmantes naturais com o chá de camomila são excelentes para quem sofre de gastrite nervosa. Uma boa conversa com um profissional é essencial para o sucesso do tratamento.

TEMOS MAIS ARTIGOS PARA VOCÊ:

2 comentários em “Gastrite Nervosa

  1. ola quero saber porque quando estou com o estomago vaziu eu sinto cheiro de café doi o estomago e quando chupo ralls, chicrete, coca doi a boca do estomago e uns tempo atras tomei rivotril com o estomago vazil e acordei com fortes dores o dia enteiro, e agora quando camo de almoça da uma dorzinha na boca do estomago e parece que incha e só rotando depois dor de cabeça e só rotando passa e depois dor de cabeça o que pode ser

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>