Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > Febre Amarela | Sintomas, Vacina e Causas

Febre Amarela | Sintomas, Vacina e Causas

Vamos falar um pouco sobre Febre Amarela?

A febre amarela é uma doença infecciosa causada por um vírus. A transmissão é feita por meio da picada de um mosquito e é mais frequente em certas áreas do globo terrestre. Neste artigo vamos falar um pouco a respeito da febre amarela considerando os seguintes tópicos:

 

  • O que é febre amarela;
  • Como se adquire;
  • Quais são os sintomas;
  • Como é feito o diagnóstico;
  • Como é o tratamento;
  • Como prevenir.

 

O que é febre amarela?

Esta é uma doença infecciosa causada por um arbovírus pertencente ao gênero flavivírus. Existem dois tipos de febre amarela, a do tipo urbana e a do tipo silvestre. Nas cidades a febre amarela é do tipo urbana e é transmitida através do mesmo mosquito que febre amarelatransmite a dengue. Este mosquito é o Aedes aegypti. A silvestre é uma febre amarela mais frequente em zonas rurais. Neste caso, quem transmite o vírus à população são, principalmente, os mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes.

Não é, portanto, uma doença transmitida de pessoas para pessoas. Quando alguém contaminado é picado por um mosquito, este acaba contaminando outra pessoa ao picá-la também. São muito comuns primatas infectados com o vírus da febre amarela. A febre do tipo silvestre costuma ocorrer quando homens invadem o habitat destes primatas e, com isto, acabam sendo picados pelos mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes.

Nas cidades já não é mais uma doença muito frequente. Nas zonas rurais ainda ocorrem alguns casos todos os anos. Em certos locais da América do Sul e da África esta é uma complicação que exige muita atenção. Quando não tratada a febre amarela pode levar à morte.

 

Como se adquire?

A transmissão da febre amarela é feita através de mosquitos que servem como vetores da doença. Estes mosquitos, ao picarem pessoas ou animais contaminados, acabam transmitindo o vírus ao picar pessoas saudáveis. Nas zonas rurais os mosquitos que transmitem a doença são, principalmente, dos gêneros Haemagogus e Sabethes. Já nas cidades o vetor é o mesmo da dengue, o mosquito Aedes aegypti.

 

Quais são os sintomas?

Apesar dos diferentes tipos de febre amarela, os sintomas são basicamente os mesmos. É muito comum a presença de febre, de dores de cabeça, de vômitos, náuseas, calafrios e dores pelo corpo todo. A pele e os olhos ficam com uma aparência amarelada. Podem ocorrer hemorragias no nariz, nas gengivas, no intestino e no estômago.

Algumas pessoas podem não apresentar sintomas quaisquer, o que gera preocupação, pois a transmissão fica mais facilitada sem esta percepção. A doença leva cerca de 10 dias para desaparecer. Na grande maioria dos casos em 5 dias os sintomas já começam a ir embora. Entretanto, o quadro pode ficar bastante preocupante caso a pessoa não receba assistência médica adequada. Sérias complicações renais e de coração podem vir a surgir. Em certos casos a febre amarela pode resultar em morte.

febre amarela sintomas

 

Como é feito o diagnóstico?

Os sintomas desta doença são bastante parecidos com os de outras como dengue e malária. Por isto, o correto diagnóstico é de extrema importância para um bom resultado no tratamento. Levando isto em conta, muitos médicos realizam uma variedade de exames laboratoriais para confirmar o vírus e para verificar quais complicações já podem ser localizadas no organismo do paciente. Após a confirmação do caso, deve-se dar início imediato ao tratamento.

 

Como é o tratamento?

Não existem remédios específicos para o tratamento de febre amarela. Entretanto, os sintomas devem ser corretamente monitorados para que não haja complicações futuras. Para isto, o paciente diagnosticado com a doença deve permanecer em ambiente hospitalar recebendo reposição de líquidos e medicamentos para os sintomas quando necessário. Pode ser recomendado o uso de antitérmicos e o repouso deve ser absoluto.

 

Como prevenir?

A principal medida para a prevenção da febre amarela é a conscientização. Uma vacina contra a doença está disponível em todos os postos de saúde no Brasil inteiro e é totalmente gratuita. Ela pode ser aplicada logo no início da vida e tem duração de cerca de 10 anos. Portanto, não deixe de se vacinar.

É de extrema importância que pessoas que vão viajar para zonas de risco também tomem a vacina. Ela está disponível em todos os aeroportos brasileiros e deve ser tomada alguns dias antes da viagem.

TEMOS MAIS ARTIGOS PARA VOCÊ:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>