FARINGITE | Sintomas, Tratamento e Causas

Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > FARINGITE | Sintomas, Tratamento e Causas

Faringite

A faringite é uma inflamação na garganta decorrente, geralmente, de alguma infecção ou de outras doenças. Muito comum de acontecer, acomete tanto homens quanto mulheres de todas as idades. Neste artigo vamos falar um pouco a respeito de faringite considerando os seguintes tópicos:

 

  • O que é faringite;
  • Como se adquire;
  • Quais são os sintomas;
  • Como é feito o diagnóstico;
  • Como é o tratamento;
  • Como prevenir.

 

O que é faringite?

faringiteDoença muitas vezes também chamada de dor de garganta, a faringite é uma inflamação que atinge a faringe. Esta fica posicionada exatamente entre a laringe e as amídalas. Quando ocorre a inflamação, geralmente, é resultado da ação de alguma bactéria ou vírus. Entretanto, também pode ser resultado de alguma outra doença, como a gonorreia e a blenorragia.

As faringites virais mais conhecidas são as causadas pelos adenovírus, rinovírus e coronavírus, por exemplo. São normalmente processos resultantes de outras complicações como gripes e resfriados. Já as faringites bacterianas mais comuns são as causadas pelo pneumococo beta-hemolítico, pelo mycoplasma peneumoniae e pelo staphilococcus aureus, por exemplo. Em ambos os casos os microrganismos acabam agredindo a membrana mucosa que protege a faringe, com isto ocorre inflamação local.

 

Como se adquire?

O contágio ocorre, geralmente, via oral. Ao tossir, falar, espirrar, beijar ou através de qualquer tipo de contato com secreções orais, uma pessoa pode acabar contagiando outra com algum tipo de vírus ou bactéria.  Doenças sexualmente transmissíveis também são portas de entrada para casos de faringite.

Contato com fumaças químicas, substâncias tóxicas, tabagismo, ingestão de bebidas muito quentes e consumo excessivo de álcool são outros fatores que tornam pessoas mais predispostas a uma faringite.

 

Quais são os sintomas?

Estes são bem característicos e logo levam as pessoas a procurar por auxílio médico. Quando diante de um quadro de faringite o paciente costuma reclamar de dor de garganta, febre, inflamação na região, dor ao falar e ao engolir e aumento da região do pescoço. Em ambos os tipos, tanto infecção viral quanto bacteriana, observa-se também alguns casos de dor de ouvido e vômitos.

Em casos de infecções bacterianas o quadro tende a ser pior. A febre é intensa e há muita dor de cabeça. Uma secreção purulenta se forma na garganta e podem ocorrer ataques de dispneia.

faringite sintomas

 

Como é feito o diagnóstico?

Através da análise do estado da garganta e de uma conversa com o paciente o médico já levanta algumas suspeitas. Para diferenciar os casos de faringite viral da bacteriana são indicados pelo especialista a realização de alguns exames. Somente após a certeza da causa da faringite é que se pode dar início a um tratamento adequado.

 

Como é o tratamento?

O tratamento varia dependendo do tipo de infecção. Se a inflamação na faringe estiver sendo causada por um vírus, geralmente, trata-se dos sintomas até que o quadro diminua em intensidade. É recomendado o uso de analgésicos, de pastilhas para a faringe e também a realização de gargarejos com sal e água morna.

Quando há a certeza de que se trata de uma faringite bacteriana, pode-se fazer uso de antibióticos. Estes devem ser prescritos pelo médico e utilizados com cautela. Em casos mais específicos de faringite outros medicamentos poderão ser utilizados para um tratamento mais eficaz.

A faringite pode vir associada a diversas outras doenças como, por exemplo, a sinusite. Nestes casos, esta deve ser tratada juntamente com os sintomas decorrentes da doença em questão.

cancer garganta faringite

 

Como prevenir?

É muito simples realizar a prevenção contra a faringite. Manter bons hábitos de higiene e de alimentação, por exemplo, são medidas fundamentais na prevenção desta e de muitas outras doenças. Um organismo forte e saudável fica mais protegido de agentes externos e de infecções.

Evite fumar, ingerir bebidas muito quentes e consumir álcool em excesso. Estas circunstâncias acabam agredindo a mucosa da faringe e deixando a região mais vulnerável. Utilize sempre camisinha durante suas relações sexuais. Lave bem as mãos após ir ao banheiro e, se possível, não compartilhe copos e talheres.

Muitas doenças podem acabar gerando sérias complicações quando não tratadas, por isto, nunca hesite em procurar por auxílio médico. Somente um especialista poderá analisar cada caso devidamente e receitar a melhor saída para o seu problema. Viste regularmente um médico e realize exames de rotina para um bom monitoramento do organismo.

Tags: , , , ,

3 Comentários

  1. Rosangela oliever disse:

    ola,achei interesante este site,estou com problema de faringe.e ainda não comecei a faser o tratamento..

  2. Rejane da rosa Xavier disse:

    Eu achei muito útil este site e me ajudou muito. Obrigado!

Deixe o seu comentário!