Dominio: saudemedicina.com
Chave: 4f41bbe26cb2150d3399d6abc90ed5833fd644bd
Hora do cache: 1474216981
Vida do cache: 1475512972
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: f9bc4ed353b966a60e9e5f09397305f5e150c0ad
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Enfisema Pulmonar

Enfisema Pulmonar

Por mais que passe despercebido, nosso pulmão sofre diariamente com poluição, agentes químicos, poeira, bactérias presentes no ar e, em alguns casos, com o fumo (passivo ou ativo).

Saiba mais aqui sobre o enfisema pulmonar, doença que afeta muitos pacientes em torno do Mundo.

Leia também: Doenças causas pelo cigarro

 

O que é?

O enfisema pulmonar é uma grave irritação nos pulmões. Quando esta patologia está presente, os alvéolos, ou seja, microestruturas presentes no nosso pulmão para a troca gasosa entre o ar e o sangue, incham e se distendem, impossibilitando a troca gasosa.

Posteriormente, o quadro vai tomando conta de todos os alvéolos pulmonares, diminuindo cada vez mais a capacidade do pulmão do paciente.

Muitas vezes, esta doença é causada pelo fumo. No entanto, o quadro pode surgir em razão do contato e inalação de substâncias químicas, muita poluição e poeira.

Em casos muito raros, pode ocorrer um tipo de enfisema hereditário que surge na juventude e evolui rapidamente, sem a presença de agentes nocivos como o fumo ou produtos químicos.

enfisema pulmonar

imagem: FolhaPress

 

Sintomas

O sintoma característico do enfisema é a falta de ar. No início da doença, o paciente sente falta de ar para realizar grandes exercícios, como caminhar ou subir escadas.

Principalmente no caso dos fumantes, se é mantido o hábito de fumar, a falta de ar também aparece em tarefas muito simples do dia a dia, como tomar banho ou se vestir.

Em fumantes, também é notada a presença de chiado na respiração e tosse constante, mas estes não são sintomas específicos do enfisema.

Estes outros sintomas são indicadores de um quadro maior de doenças pulmonares que geralmente afetam o fumante, como a bronquite.

 

Evolução

A evolução do enfisema geralmente é muito lenta. Ele tende a aparecer em idade avançada, não porque tenha relação com a velhice, mas porque a exposição constante ao agente nocivo causou danos gradativamente, até chegar a um nível que é perceptível ao paciente.

Aos poucos, muitos pacientes com enfisema ficam em repouso absoluto, pois a falta de capacidade pulmonar os impede até das coisas mais simples do dia a dia. Se não tratada, o enfisema é fatal.

Parar de fumar ou cessar a exposição ao agente causador interrompe a evolução da doença, mas os danos que já ocorreram permanecem e são irreversíveis, infelizmente.

No entanto, se você é fumante diagnosticado, parar de fumar em qualquer fase da doença dará a você mais tempo de vida, mais qualidade de vida e, se a atitude for tomada precocemente, uma chance de recuperar-se a ponto de levar uma vida quase normal.

 

Tratamento

O tratamento pode ser feito com medicamentos, mas é importante que nenhum deles trata especificamente o enfisema. O que ocorre é o alívio de outras doenças secundárias, principalmente no caso de fumantes, como a bronquite. Isso tende a melhorar a qualidade de respiração, mas apenas por tabela.

O “tratamento” mais eficaz é um tipo de terapia que não trata a doença, mas permite que o paciente utilize melhor sua energia e reaprenda a fazer suas atividades diárias, de forma a utilizar menos oxigênio e exigir menos dos pulmões.

Estas atividades permitem que o paciente volte a sua rotina, de modo a garantir que ele tenha uma vida praticamente normal.

enfisema tratamento

A administração direta de oxigênio também é muito útil em alguns casos para aumentar o tempo de vida, principalmente em pacientes idosos ou com a doença muito avançada.

Em casos extremos, pode ser feita uma cirurgia para retirar partes muito comprometidas do pulmão. A intenção da cirurgia é que, retirando as partes distendidas, a mecânica respiratória de inspiração e expiração melhore, dando um alívio ao paciente e permitindo que este recupere parte da capacidade perdida não pela regeneração, mas pela reeducação pulmonar.

Ainda não há prevenção para o enfisema. A única prevenção disponível é manter distância de agentes que possam causá-la, principalmente o cigarro.

Se você deseja parar de fumar, existem vários programas governamentais ou particulares que podem te ajudar. Muitos fumantes obtêm sucesso e declaram que é muito mais fácil ficar longe do vício com ajuda especializada.

Além de fornecerem suplementos de nicotina gratuitamente, o programa do SUS oferece terapias em grupo, avaliações médicas e programas de reabilitação específicos para o seu caso e para a sua rotina.

41 Comentários

  1. Nadia disse:

    Eu nunca fumei e fiz uma cirurgia de pedra na visucula de vídeo e pareceu efisema pulmonar .. cirurgia de vídeo ..será q foi algum. Erro da cirurgia?

  2. Ana flavia disse:

    Minha vó tem se minha filha tiver contado pode passar para ele ou causar qualquer tipo de doença ????

    • José Eduardo disse:

      Sou psicanalista com especialização em dependências. Atualmente, como voluntário, ajudo a coordenar junto com outros profissionais da saúde um grupo anti-tabagista na UBS Jardim São Pedro, na Rua Silvianópolis, 370, guaianazes, São Paulo F: 11-25578938. É gratuito, muitas pessoas ja pararam de fumar. Outras estão parando.

  3. Jacqueline disse:

    A minha avó falesceu dia 21 agora de efisema,nunca foi diagnosticada, mais fez um procedimento cirúrgico e adquiriu pneumonia e pela idade estava muito avançado, parem de fumar, pois o sofrimento e doloroso. .

  4. Leandro disse:

    Boa tarde, fumei des dos 14 anos e parei de fumar com 32. Quando descobrimos q meu PAI espava com ENFIZEMA PULMONAR hj tenho 42 anos meu PAI 60 anos e é muito triste ver a pessoa que te encinou a ser livre te encinou a viver com dignidade. Morrendo a mingua ligado ao balao de oxigenio 24 hr e pra se locomover somente de cadeira de rodas é muito triste. Por isso deixo aqui meu testemunho. Parem enquanto a tempo cigarro mata. obrigado

  5. Carlos Portugal disse:

    Tenho 50, um dia estava a trabalhar de repente deu uma dor forte a a respiração fazia doer o peito, respirava muito devagar e pouco para não doer, fui ao hospital, após RX viram uma bolsa com 2 cm e o pulmão tipo cortiça, estive 16 dias com um dreno enfiado no pulmao, para extrair liquidos, e fui proibido de , fumar, fazer mergulho, andar de aviao. Fumava desde os 15 cerca de 35 a 45 cigarros dia. De um dia para o outro tinha de parar, levei um mês após alta hospitar, a deixar tabaco. É dificil , mas a vontade psicológica é a melhor forma para o sucesso. Melhoras a todos e por favor ……. Larguem o fumo!!!!!! ….. Pela vossa saúde!

  6. Bruna disse:

    Olá, Boa tarde, Tenho 21 ano, estou com enfisema pulmonar , descobri a 3 meses e parei de fumar a um mes, nao estou sentindo muita falta de ar, mas sinto que nao respiro normamlmente, estou tomando medicamentos e remedio natural, como suco de beterraba, com maça,agriao,moriga e mel, sinto que esta melhorando e estou malhando a um mes, gostaria de saber se realmente nao tem cura? e mais o que poderia fazer para melhorar, Atenciosamente Bruna .

  7. Eu fumei por mais de 40 anos sem parar nem um dia:no dia 31/12/2015,eu fumei o último cigarro,desde então me sinto deprimida,sem vontade de fazer nada a não der ficar deitada,sinto muito falta do cigarro,mas eu rezo sempre que me bate a vontade,em nome de Jesus eu não voltarei a fumar,porque sei que se eu voltar,não terei mais forças para abandonar o vicio novamente,sei que a depressão vai passar,meu conselho:parem,cigarro mata mesmo.

  8. Tenho 66 anos..fumo desde os 17…a uns 4 anos atrás o médico me disse que eu tinha enfisema…como não sentia nada..continuei fumando…agora que estou começando a sentir cansaço pela manhã… ao subir uma escada…ou caminhar um pouco…mas falta de ar não tenho…fumo muito..quero parar..preciso parar…será que a doença vai estabilizar ou ela é progressiva…mesmo parando?

  9. GOHAN disse:

    Sempre fui fascinado pelo cigarro e pelo ato de fumar. Então, comecei a fumar escondido com 22 anos de idade. Fumo pouco, uns 5 cigarros por dia e para não me prejudicar muito, faço academia há 2 anos. Porém, agora com 29 anos comecei a sentir falta de ar às vezes. Estou com medo de já ter um começo de efisema, mas como isso é possivel se o efisema geralmente aparece depois de uns 20 anos ou mais. Porque tem gente que eu conheço que fuma há uns 30 anos e não tem nenhum problema, ao contrario está firme e forte. Então, será que essa minha falta de ar já é o efisema? Detalhe: eu nunca consegui respirar muito bem pelo nariz. Será que é isso ou é o efisema raro? E o pior é que eu gosto muito de fumar. Eu não sou viciado daqueles que fumam toda hora. Não, eu fico varias horas sem fumar às vezes até um dia, mas eu adoro o habito de fumar e logo eu não queria parar, mas eu tenho medo de contrair efisema e olha que essa pequena falta de ar é bastante ruim. Ah nem! Por que isso foi acontecer logo comigo que sou fumante há tão pouco tempo! Se fosse daqui uns 30 anos eu ate entenderia e aceitaria de boa, porque viver 60 anos já tá bom.

  10. anacristina disse:

    nao sei o que faze nem aonde tem tratamento descobri terca feira que estou com efisema pomona tenho 28 anos

    • Carine disse:

      A enfisema pulmonar não tem cura, mas existe tratamento. O tratamento é pelo resto da vida e inclui terapia medicamentosa, fisioterapia respiratória, alimentação saudável e é imprescindível parar de fumar para não haver mais progressão da doença. Em casos raros o médico indica cirurgia.

  11. keitson disse:

    tenho 35 anos e ja sinto alguns desses sintomas da enfisema, fumo a quase 20 anos, mas ja faz 5 dias q estou sem fumar,sei q e pouko mas pra quem nunca fikou um dia sem fumar , ja e uma vitoria e tanto. nao desista de parar com esse vicio maldito q só nos consome. nunca e tarde para tentar viver bem.

  12. zildene batista disse:

    passei a maior parte da miinha vida fumando so que todos os anos eu fazia tomografia do torax nunca teve nada no pulmao , so que este ano eu eu repetir uma tomografia do torax e deu um enfisema e um nodolo calcificado asim que descobrir parei de fumar fui ao peomonolugista fiz uma espiriometria o resultado foi melhores valores de todas as curva 62 e leve restrincaopor favor me ajudem

  13. Edmundo França da Silva disse:

    Meus amado, se você fuma procure auxilio para deixar esse vicio, pois sei que e muito difícil mai não impossível, irmão, arrume uma outra distração como exercício físico, mascar algo para distrair a mente, pois comecei com 13 anos fumei durante 60 anos e parei já tem 5 anos , agora estou sofrendo as consequências , pois adquirir uma enfisema pulmonar, irmãos se vocês tem filhos mostre a eles os maléficos que o tabagismo acarreta a saúde dos fumantes, pois são vários, e só consultar ao medico especialista no assunto para ter maiores esclarecimento , se cuidem meus amado coloquem-se nas mãos de Deus.

  14. andreia disse:

    nunca fumei, detesto cheiro de cigarro, mas ja convivi com fumante e certamente inalei fumaça, que deve ter o mesmo valor de fumar, já que o ar poluído pode causar o enfisema, devo me preocupar com isso?

  15. silvana vieira goulart disse:

    olá! minha mãe esta com 77 anos e foi diagnosticada com enfizema pulmonar através de um exame de ultrassom de abdomem total, mas ela nunca fumou, qual seria a causa? tem cura? o que tem que ser feito? qual o tratamento. obrigado

    • andreia disse:

      o caso dela é raro, pois a maioria dos casos de pessoas com enfisema, são fumantes, ela pode ter desenvolvido uma deficiência na artéria que transporta sangue, ou uma complicação com alvéolos ,perdendo a elasticidade dos músculos dificultando a troca gasosa do dióxido de carbono pelo oxigênio. como se trata de uma doença cronica( DPOC) não tem cura, e pra evitar a falta de ar constantemente ela deve evitar esforços físicos.

  16. Celestino disse:

    Amigas e amigos
    Perdi minha mãe dia 23/06/2015 de Dpoc.enfisema
    Foi muito triste.. Muito…tenham fé. Mas por Deus parem de fumar…o cigarro mata mesmo.. A dor da perda é enorme.

    .

  17. sander disse:

    Fumei durante 10 anos…Nesta época estava perdendo o controle da bebida alcoolatra..Eu e minha esposa resolvemos abandonar juntos estes vícios que destroem o ser humano. Desde o nascimento de nosso filho, hoje com 5 anos não ingerimos uma gota de álcool e abandonamos definitivamente o tabagismo…Não sentimos falta nenhuma…Quando vamos a alguma festinha de amigos, não recrinamos.quem bebe e fuma…mas temos consciência que existe outros prazeres na vida… uma boa caminhada, algumas horas de academia são ótimos…Adoramos viajar,, pegar o carro e sair sem destino… Viver bem a vida, a cada momento….Felicidades a todos…

  18. silvino pereira machado neto disse:

    por acaso a tal vacina do butantã ja esta a venda?

  19. bati uma tomografia da pelve,e saiu partes do pulmão ,fui encaminhada p outro exame t c toráx,deu enfisema,esta no começo.parei de fumar,e farei todos os procedimento.

  20. Jose Eustaquio de Souza disse:

    parei de fumar a 12 anos tenho chance de recuperar

    • Afonso disse:

      Há uma vacina descoberta pelo Instituto Butantã pronta para apreciação da ANVISA. Quando estará disponível só Deus sabe!!!

    • Helio Vieira disse:

      Não sou medico, todavia fumantes usam o fumo como controlador da Ansiedade e nervosismo. Nesse caso, ele pode ser substituido por medicamentos simples, que não fazem mal, como os Ansioliticos Benzodiazepinicos – Diazepam, Bromazepam, etc.. Necessitam da Receita Azul especial; contudo não são narcoticos viciantes e não causam a tal dependencia mencionada nas proprias bulas. Devido a Falta de Ar por ansiedade (nunca fumei ou bebi alcool), usei Benzodiazepinicos. Todavia ao retira-los, noto que não há aquela sofreguidão pelo retorno. Então uso-o e o retiro eventualmente, conforme a sensação de Ansiedade. Outros poderiam se atirar ao fumo e alcool, de facil acesso. Certo que o fumo vicia na nicotina, mas usando os Benzodiazepinicos já há menos sentimento pelo uso daquele.

      • Lya Bonsaver disse:

        Oi Hélio.
        Como assim, “ansiolíticos não fazem mal e não são narcóticos viciantes”?
        São narcóticos, porém legalizados apenas sob prescrição médica.
        São tão viciantes quanto cigarros, bebidas e drogas.
        Assim como você pode beber socialmente, você pode fumar de vez em quando, fazer uso de ansiolíticos vez por outra e viciar em qualquer um ou fazer todos com constância e parar quando quiser sem sofrer qualquer tipo de abstinência.
        Tudo depende da sua pré-disposição ao vício.

        Obs: Esta resposta é apenas orientação. Obviamente nenhuma das drogas citadas devem ser consumidas e no caso do ansiolítico (e maconha) somente com prescrição médica.

  21. jose afonso azevedo disse:

    Tenho enfizema de grau 3 pra 4.
    parei de fumar a 1 ano e 5 meses.
    uso foraseq e spiriva.
    e me sinto muito bem.
    Obs: não tenho falta de ar e nunca usei oxigenio.
    meu problema é que eu bebo todos os dias. Sou alcoolatra.

  22. Yoshiko Marui disse:

    Fumei durante 50 anos e após crise respiratória, fiquei 5 dias internada na UTI do Hospital Sta. Catarina, com enfisema pulmonar.
    Hoje estou no 13 (décimo terceiro) dia sem fumar e tomara que seja para sempre. Uso medicamentos, pet e faço fisioterapia pulmonar, 3 vezes por dia.

  23. maria adeilde casimiro vital disse:

    ja tentei diversas veses larga o vicio de fumar mas nao consigo e triste mas o vicio men domina sei que nao vou viver por muito tempo mas nao poso faser nada nao tenho forças suficiente

    • André disse:

      Maria.

      Não desista.
      Espero que fique bem. Talvez esse vídeo te faça sentir melhor. http://www.youtube.com/watch?v=tsu91I0x4og

      Jesus te ama!

    • Ana Lúcia disse:

      Sabe… precisei da ajuda de DEUS para parar de fumar!!! Aceitei Jesus e consegui… Depois de parar fiz uns exames de rotina e parece que estou com enfizema pulmonar, a diferença é que agora sei vou encarar a doença de maneira menos desesperadora pois tenho Jesus Cristo como médico dos médicos!!!

    • Helio Vieira disse:

      Não somos medicos, todavia o fumo, assim como o alcool, são usados contra a Ansiedade, nervosismo. Nesse sentido, medicamentos Ansioliticos, como Diazepam, Bromazepam(Benzodiazepinicos), etc., podem ajudar a inibir o uso do fumo, apesar tambem da dependencia da Nicotina. Ocorre que é facil o acesso ao fumo e ao alcool e dificil o acesso aos Ansioliticos, Ansioliticos são remedios simples, não-narcoticos, mas que tem de ter Receita Azul, especial. Ao contrario do que dizem, NÃO causam Dependencia fisica ou psiquica – só se a pessoa foi muito sugestiva. Eu já os testei, pois tinha falta de ar devido a ansiedade (nunca fumei ou bebi alcool). Já os retirei, voltei depois de muitos meses e descontinuei novamente. Quando retiro, não há tendencia a ter de voltar ao medicamento. Ele não é um narcotico, o qual é um viciante forte.

    • Daniella disse:

      Existe uma clínica em São José do Rio preto qque trata do tabagismo vale a pena, também estou na luta e voltei de lá sem nenhuma vontade de fumar. Você não fica internada, apenas uma combinação de medicamentos de acordo com sua depedencia.

    • Alice Junqueira disse:

      olá Maria Adelaide, não pense assim de forma negativa minha amiga; Eu fumei durante 45 anos e no ano passado fui diagnosticada com enfisema pulmonar. Quando perguntei ao médico se tinha cura ele me disse friamente que não,porem se eu parasse de fumar com certeza talvez eu iria ter uma morte com mais qualidade de vida.
      O medo de morrer agora foi tanto que deixei de fumar no dia seguinte. Me arrependo de não ter tido a coragem de faze-lo antes pois não estou preparada para ir pro outro lado . Espero em Deus que ele me ajude e me de uma chance de pelo menos tempo suficiente de vida para ver meus netinhos crescerem. Mas olha, não fugi do cigarro não, tanto que tenho ainda o pacote de cigarro que tinha comprado um dia antes , e desde o dia 1 de janeiro/2015 estou sem colocar um cigarro na boca graças a Deus, porem fico perto de pessoas fumantes, evito o maximo inalar a fumaça é logico mas não tenho problemas com vontade de voltar não. Então minha amiga, tenha fé em Deus, de um basta nesse vicio, vc verá que é mais facil do que imagina.
      Boa sorte

      • Eliane Dantas disse:

        Parei de fumar por tres anos.Minha querida irmã faleceu e eu comecei a dar uns tragos no dia do velório,foi quando voltei a fumar e não consigo agora parar.A uns tres meses comecei a sentir dores fortes no pulmão e escarrar com sangue ,o pneumologista pediu exame de escarro e tumografia computadorizada.Na tumografia deu muitos problemas e estou com muito medo de saber o que tenho.Deu tumoração ,calcificação,derrame na veia Aorta ,estou temerosa do que seja ,ainda não levei o resultado até o médico.Estou muito triste,muito mesmo por ter voltado a fumar.

    • Oi Maria Adeilde,
      parei de fumar a um ano.Tentei tudo, entre remedios caros e tratamentos caros,nao conseguia.Ate que um dia comecei a usar o adesivo de nicotina.Parei na primeira fase.
      E muito importante voce querer!!!

      Voce consegue!!!!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.