Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > Derrame Pleural

Derrame Pleural

O que é Derrame Pleural?

A doença tem como principal característica o acúmulo de liquido entre as pleuras. Com isso causa o comprometimento da pleura, em graus primários e secundários.

O derrame pleural é identificado por conta da manifestação de diversas doenças, que se não descobertas e tratadas podem causar a morte do paciente.

Doenças pulmonares são as mais frequentes em causar a pleura. Alterações cardíacas, renais, hepáticas entre outras são os destaques para que se desenvolva a pleura.

Quando o paciente desenvolve essa doença, a membrana que reveste os pulmões pode causar o derrame.

A doença também pode ser conhecida como água na pleura. A membrana que reveste o pulmão pode ser interna e externa, mas as duas possuem a fina camada de líquido.

derrame pleural causas

 

Como se adquire

A motivação principal da doença acontece por conta da falta de proteínas, que contribuem na manutenção da água dos vasos sanguíneos. Alguns tumores, infecções, problemas com doenças cardíacas e renais também estão na lista das causas da doença.

O problema também possui dois tipos para que se manifeste. Quando a doença acontece pelo liquido pleural transudativo, quer dizer que aconteceu por conta de insuficiência cardíaca, cirrose, problemas de insuficiência renal, hipotireoidismo e também por conta da diálise peritonial.

Quem sofre dessas doenças e não tem o tratamento correto pode desencadear em derrame pleural.

A segunda motivação da doença leva o nome de exsudato, que acontece quando o líquido está com células inflamadas. As doenças que levam o paciente a sofrer com esses problemas são as pneumonia, tuberculose, cânceres diversos, embolia pulmonar, problemas com pancreatite e problemas abdominais.

Com isso, os pacientes que sofrem e tratam dessas doenças devem se manter atentos as respostas do tratamento, pois se não houver eficácia, pode desencadear no derrame pleural.

 

Sintomas

Derrame PleuralA lista de sintomas pode ser bem vasta e variar de acordo com cada caso. Alguns podem ser característicos, como a falta de ar, também conhecia como dispneia, sensação de cansaço sempre que realizar alguma atividade, dores no peito quando for respirar são alguns dos sinais da doença.

Alguns pacientes apresentam em casos mais graves, uma dor nas costelas. Uma tosse seca também é sintoma característico da doença, quando tosse o paciente consequentemente vai sentir uma dor.

Alguns casos é possível que o paciente fique febril, mas esse sintoma não esta presente em todos os derramais, acontece em alguns casos apenas.

 

Diagnóstico

Para que a doença seja identificada é necessária a realização de alguns exames, como a análise do líquido pleural, realização de exames bioquímicos  que visão identificar o conteúdo de proteínas, glucose, exames de imagem como raio-x, outros como radioscopia, ecografia também entram na listagem para ajudar na identificação da doença.

Alguns exames bacteriológicos também são necessários que o paciente faça. A solicitação de uma biopsia também ajuda na apuração da doença.

O exame físico e exames de sangue também são importantes para diagnosticar a doença.derrame pleural sintomas

A análise do liquido pleural é muito importante para avaliação dos sintomas e exames e definição da doença. O procedimento que consiste em analisar o liquido chama-se toracocentese, que com uma agulha entre as costelas do paciente, fica possível chegar ao pleuro retirar o liquido para que seja analisado.

 

Como é feito o tratamento

O tratamento do derrame pleural consiste na remoção do liquido, que acontece após uma drenagem, evitando que o derrame aconteça novamente.

O problema é resolvido definitivamente quando o paciente cura a doença que desenvolveu. E isso vai variar por cada enfermidade apresenta um tratamento especifico. O ideal é que a doença causadora seja controlada e em seguida, com a remoção do liquido o paciente já não sofre mais de derrame pleural.

Alguns casos apresentam a dificuldade no tratamento da doença causadora. Quando isso acontece, é necessário que a substancia da pleura seja removida, para o espaço pleural seja liberado.

A maioria dos casos de derrame pleural tem solução rápida. Porém, em casos mais específicos é necessário que o paciente faça a colocação de drenos no tórax, por meio de processos cirúrgicos.

No decorrer do tratamento é indicado que o paciente realize exercícios de fisioterapia respiratória. Esses devem ser recomendados e indicados pelo médico responsável.

 

Como prevenir

O derrame pleural acontece na falta da eficácia de tratamento de diversas outras doenças. Neste caso é necessário que o paciente esteja atento ao sucesso do tratamento, para evitar que acontece o derrame pleural.

Durante o processo de tratamento da doença causadora é importante atentar-se aos sintomas que mostram a doença pleural, assim, se identificado problemas na respiração, por exemplo, ou algum outro que seja relevante a lista de sintomas da doença, é necessário que procure ajuda médica o quanto antes, para que se identificado o problema, ocorra a remoção do líquido.

Tags: , , , ,

15 Comentários

  1. Eliene disse:

    Gostei, muito esclarecedor preciso entender sobre este problema.

  2. beatriz mo disse:

    esclarectos otimos

  3. solange almeida netto disse:

    com o derrame pleural pode ter um tomor ?

  4. uilian disse:

    ola! muito interresante a explicaçao… oh eu tinha uma vizinha minha q veio a falecer e ela sentia todos esses sintomas como dispneia, dores ao respirar, tosse seca entre outros… ela fez varios exames e nunca obteve nenhum diagnostico concreto. com esses sintomas acima citados ela poderia esta sofrendo d algum problema na pleura dela e ninguem descobriu? vindo assim desencandear um derrame pleural?

  5. magno disse:

    sofri uma queda de cavalo e tive11 fraturas nas costelas,tive um derrame,fiquei com dreno 18 dias e agora ja em casa estou tendo febre e as vezes tosse,é normal ou devo me preocupar?

  6. VALESCA RODRIGUES BARBOSA disse:

    MINHA FILHA TEVE DERRANE PLEURAL COM 2 ANOS E SETE MESES , HOJE ELA TEM 3 ANINHOS . EU FICO COM MEDO DELA TER DE NOVO ISSO É POSSÍVEL? POIS ELA TEM SEMPRE ESSAS TORCE SECA JÁ FICO COM MEDO !!

  7. JOILMA DE OLIVEIRA DA SILVA disse:

    GOSTEI MUITO DO CONTEUDO, UMA PESQUISA AMPLA TIROU MUITAS DÚVIDAS.

  8. claudinara burgues gomes disse:

    meu marido teve derramde pleural arritimia e coração grande por isso tenho muito interesse de pesquisar sobre os assuntos

  9. WANDA disse:

    meu filho tem 3a e 8m esta com pneumonia e derrame pleural porem muito pequeno o derrame, quando tempo em media le vai ficar curado?

  10. EDILSON disse:

    PASSEI POR UMA CIRURGIA DE HIPER- HIDROSE RECENTE, POIS TRANSPIRO MUITO NAS MINHAS MÃOS. A MESMA É FEITA NA REGIÃO TORA XICA. MAS DEPOIS DE ALGUNS DIAS COMECEI A SENTIR DORES NO PEITO E NAS COSTAS QUANDO TENHO TOSSE E TAMBÉM FALTA DE AR.
    QUANDO PERCEBI ESTES SINTOMAS, FIZ UM EXAME DE TOMOGRAFIA E DESCOBRIR QUE ESTOU COM DERRAME NA PLEURA. GOSTARIA DE SABER SE ESSA CONSTATAÇÃO PODE TER SIDO DECORRENTE DO PROCEDIMENTO CIRÚRGICO.

  11. mercia maria disse:

    o que vem a ser uma cia … comunicacao intra arterial ….. e o que e neurite????

  12. Marialice Silverio disse:

    O artigo é de fácil compreensão, além disso o autor se apossou de figuras ilustrativas o que possibilita um entendimento racional do tema.

  13. Neuzamariaalves disse:

    Adorei a esplicacao vai me servir mto mpois meu pai esta com este problema.

  14. Eduardo disse:

    Eu tive derrame pleural nos dois pulmões,fiz quatro biopsia,uma operação para colocar dois dreno para tira a água do pulmão.E faz um ano e sei meses e ninguem descobre o motivo deste derrame pleural.

  15. igor aurélio disse:

    Olá a 3 meses tive um diagnostico de derrame pleural, sentir todos esses sintomas… fiquei 17 dias internado , fiz vários procedimentos inclusive toracocentese e uma biopsia de pleural, pra avaliar um possivel BK pleural.. apos os laudos , minha médica me encaminhou ´pro posto de saúde , estou em um tratamento com duração de 3 meses, remedios muito forte//
    quero dizer que foi muito tenso essa etapa, dica pra você que sente sintomas parecidos, procure um médico… Hoje estou bem recuperado chegando ao 100% ^^
    bjs I.

Deixe o seu comentário!