Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Artigos sobre Saúde > Dicas > Cólicas em Bebês

Cólicas em Bebês

O que é?

Não existe coisa pior do que ver estes pequeninos sofrendo de cólica. Aprender a lidar com a situação é muito importante, de forma a poder atuar no sentido contrário, proporcionando conforto ao bebê. O termo é utilizado para designar um choro incontrolável. Bebês com idade menor aos 5 meses e que choram frequentemente por mais de 3 horas seguidas necessitam ser avaliados.

A cólica é um incômodo comum que costuma aparecer em média depois de 2 a 3 semanas do nascimento. Em casos de crianças prematuras ela surge em média depois de 2 a 3 semanas da data agendada para o parto.

Usualmente os bebês choram por sentir fome, por estarem com medo, por estarem molhados entre outras coisas. Crianças que choram por cólica, no entanto, choram sem pausa e muito intensamente, sendo que nada parece lhes dar conforto.

A cólica é uma sensação nova para o bebê e assusta bastante. Ela acontece, por exemplo, devido à imaturidade do sistema digestivo, que ainda está em fase de desenvolvimento. A imaturidade leva as paredes locais a contraírem e a relaxarem sem haver um controle, provocando gases e ocasionalmente a cólica.

 

Causas e sintomas

Dentre as causas do problema podemos destacar, por exemplo, o fato de que o intestino do bebê passa a receber alimentos diferentes e a digestão tem de ser acelerada. Com este acelerar podem vir as cólicas    . Além disto, conforme mencionamos acima, o sistema digestivo ainda está imaturo, sendo que os movimentos precisam ser ajustados, de forma a evitar problemas.

Tensão e estresse podem fazer com que os sintomas da cólica piorem. É fundamental garantir um ambiente adequado para o crescimento do bebê. Dentre os sintomas da cólica podemos destacar:

  • Choro intenso e estridente;
  • Pernas encolhidas e costas arqueadas para trás. Estica e espreme enquanto chora;
  • Puns durante o choro.

Geralmente as cólicas vêm com maior intensidade à noite ou no final da tarde. Em casos mais preocupantes o bebê chora praticamente o dia inteiro. Não deixe de procurar por um médico para receber as orientações corretas e para aprender a lidar com o problema.

 

Dicas e tratamento

Ver o bebê com cólica pode ser algo bastante desesperador. É importante lembrar, no entanto, que a condição é comum e não apresenta riscos para a saúde do pequeno. Apesar disto, é fundamental consultar um médico, para que ele avalie o estado do bebê e estabeleça o diagnóstico.

Durante as crises de cólicas o pequenino precisa ser acalmado, pois quanto mais estressado, piores serão as dores. As cólicas costumam permanecer de 3 a 4 meses, tendo um pico considerável durante a 6ª semana de vida.

O bebê precisa receber leite materno até os 6 meses. Caso receba outra coisa as cólicas serão bem piores. Uma dica importante é coloca-lo em posição inclinada para dar o leite. Fazê-lo arrotar depois das mamadas também é fundamental, assim como colocá-lo para dormir de lado. O calor ajuda na liberação de gases, portanto, quando ele estiver com cólica abrace-o e massageie sua barriguinha.

TEMOS MAIS ARTIGOS PARA VOCÊ:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>