Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > Cardiomegalia

Cardiomegalia

O que é Cardiomegalia?

A doença é caracterizada pelo aumento no tamanho do coração e geralmente acontece em consequência de doenças como hipertensão arterial ou doenças coronárias. Alguns casos podem ter relação com a doença de chagas.

A cardiomegalia afeta a insuficiência cardíaca e alguns casos o coração atinge um tamanho de até 50% maior do que o normal.

O paciente também pode desenvolver sintomas nas paredes do coração, onde caracteriza-se pelo engrossamento da região.

Pacientes que tenham histórico familiar de doenças cardíacas devem ficar atentos aos sintomas e também já prevenir com exames pelo menos a cada seis meses, que ajudam ao diagnostico precoce, em alguns casos.

A doença faz pacientes em todas as idades, sejam homens ou mulheres. Após os 20 anos de idade já é possível sentir alguns sintomas da doença. Com isso, o paciente já pode diagnosticar o problema precocemente e tratar no tempo ideal para manter a qualidade de vida ideal.

cardiomegalia

 

Como se adquire

A doença acontece por conta do esforço que o coração exerce. A consequência da doença se dá aos pacientes que possuem pressão alta e sofrem também de doenças coronarianas.

Quem sofre dessa doença, passa por problemas como a dificuldade em circular o sangue, pois com o aumento do tamanho, o coração não bombeia o sangue com a força adequada para manter a rotatividade normal.

Essa doença pode desenvolver outros problemas de saúde que afetam o coração e tendem a mudar a rotina e dia a dia do paciente.

 

Sintomas

Os principais sintomas da doença são a falta de ar e também a fraqueza. Esses sintomas aparecem principalmente quando o paciente realiza alguns esforços físicos, seja pequenas atividades, como subir escadas, por exemplo.

É possível que alguns pacientes desenvolvam o sintoma do desmaio. Mas essa relação com o desmaio vai depender muito das condições do paciente e não é um sintoma certeiro da doença, ou seja, nem todo desmaio pode ser relacionado a essa doença.

A dificuldade de respiração e tosse também pode estar relacionada a essa doença. Dores no peito também caracterizam a doença.aumentos do coração

Se o sintoma da dor no peito estiver acompanhado da falta de ar é importante atentar-se, pois pode ser sinais de um ataque cardíaco. Nesta situação é essencial que o paciente procure um médico para a gravidade dos sintomas.

 

Diagnóstico

Considerando todo o histórico médico do paciente, inclusive situações na família, o paciente passa por exames físicos, Raio x e também ecocardiograma.

Quem tem herança genética de doenças cárdicas deve sempre se manter atento aos sintomas e sinais da doença. Porém, consultando um cardiologista e realizar exames tornam mais eficazes a qualquer tipo de tratamento.

Assim, ao sentir os sintomas da doença é essencial que o paciente procure um médico que possa orientar na realização dos exames para identificar a doença e seguir com o tratamento ideal para cada situação e paciente.

 

Como é feito o tratamento

O tratamento dessa doença consiste na ingestão de medicamentos, que visão aliviar as dores e pressão no coração.

A doença não tem cura e o primeiro tratamento para a doença é aliviar os sintomas e fazer com que o coração trabalhe normalmente, mesmo que ele não esteja no tamanho ideal.

Se essa ação não apresentar resultados positivos no tratamento, pode ser necessário uma cirurgia, que consiste e trabalha na troca da válvula cárdica. Depois, pode-se trabalhar no transplante de coração, que é um procedimento demorado justamento por ter que esperar um doador compatível.

Nesta doença, a medicina trabalha em cima do tratamento com medicamento, pois o processo cirúrgico pode ser muito sofrido ao paciente, considerando a demora em achar um doador, que muitas vezes leva anos.

Fazendo o tratamento com medicamentos e evitando os esforços é possível que o paciente mantenha uma vida normal. Além disso, dicas com alimentação também são essenciais para a qualidade de vida do paciente com cardiomegalia. Mas vale lembrar que o coração não volta ao tamanho ideal e o paciente precisa conviver com esse problema a vida toda.

ecocardiograma

 

Como prevenir

A doença não apresenta medidas preventivas. Aconselha-se que o paciente, além de sempre prezar pelo bem estar e a qualidade de vida, mantenho uma alimentação saudável, incluindo a prática de exercícios, é essencial que o paciente sempre realize exames e tenham o hábito de fazer o famoso check-up para manter a saúde em dia.

Se o paciente tiver em família, histórico de pessoas cardíacas os cuidados devem aumentar e com isso, a realização de exames preventivos deve ser mais frequente e levada mais a sério, pois os riscos em paciente que já possui histórico em família são maiores do que as pessoas que não tem essa relação com doenças cárdicas.

A alimentação sempre e uma forma de prevenir doenças. Neste caso, alimentos que contenham muita gordura e oleosidade devem ser evitados. Para isso, procure um médico que possa indicar uma dieta adequada.

Tags: , , , , ,

12 Comentários

  1. cleber simoes d silva disse:

    ola eu queria saber se posso praticar esportes eu tenho cardiomegalia mais o meu foi por causa da presao que tava 20 por 8 eu antes praticava jiujitsiu e box nunca tomei anabolizantes nao bebo nao fumo queria saber o que posso fazer e o que nao posso fazer e muito ruim isso nem trabalhar mais direito eu posso a minha vida acabou mesmo pisicologicamente ainda to calmo mais nao e façil nao

  2. Eu gostei muito, só fiquei com um apequena dúvida: Essa doença pode chegar ao caso grave do paciente necessitar de um transplante de coração ? Obrigada pela atenção, se puder responder minha duvida agradeço muito !

  3. Maria Jose disse:

    Gostaria de saber mas sobre cardiomegalia e se a quimioterapia tem haver com a mesma

  4. Adramane disse:

    Um individo com cardiomegalia Que tipo d alimento deve evitar?

  5. ana alice alves de souza disse:

    PARABÉNS PELA EXPLICAÇÃO SOBRE CARDIOMEGALIA,SOU ENFERMEIRA GOSTA MUITO DE CARDIOLOGIA ,GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE CARDIOLOGIA.

  6. ana maria disse:

    eu gostaria de saber se eu como empregada domestica estou com aumento do coração um bloqeuio total do lado esquerdo o meu trabalho me prejudica?

  7. ana maria disse:

    me canso até quando falo .
    psso fazer atividade fisica?

  8. ana maria disse:

    corro risco de vida se ñ tratar direito?//

  9. ana maria disse:

    é uma doença grave ou não devo ficar atenta?/

  10. Jorge Luiz Costa disse:

    Gostaria de saber se, na cardiomegalia, o coração tende a continuar crescendo?

  11. Aline Gomes disse:

    gostei muito das informaçoes,minha mae esta fazendo exames e ha principio,no raio-x foi constatado mas queria obter mais informaçoes,a cardiomegalia é perigosa?a pessoa que tem se sofrer aborrecimentos pode haver consequencias graves?

  12. Anderson Rocha disse:

    Boa tarde!
    Já fiz eletro e ecocardiograma, ecografia de rins, tomografia de crânio não aparece nada nos exames para ser tratado e minha pressão arterial não baixa, sempre entre 140×10, 150×100 e 140×90… O que mais posso investigar para descobrir o que pode estar causando essa alteração? Meu próximo passo é uma psicóloga para verificar a a parte emocional. Tem algo mais que posso estar verificando?

    Obrigado

Deixe o seu comentário!