Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > Câncer de Faringe | Câncer de Garganta

Câncer de Faringe | Câncer de Garganta

Câncer de laringe

O câncer na faringe é incluído geralmente como um tipo de câncer na garganta. Esta doença específica também entra na definição de câncer oral.

Saiba mais sobre os riscos, sintomas, tratamentos e evolução desta doença que atingiu o ex-presidente Lula.

 

O que é?

O câncer na faringe consiste basicamente no aparecimento de tumores (benignos ou malignos, como nos outros tipos de câncer) na região da garganta.

Como outros tipos de câncer, o câncer na garganta ou faringe não tem causa definida e, especialistas ainda estudam os fatores que levam ao seu aparecimento. No entanto, fatores de risco podem aumentar as chances de um indivíduo saudável desenvolver a doença.

Existe uma série de fatores de risco que podem levar ao desenvolvimento da doença. Aqui vai uma lista dos principais:

  • Tabagismo
  • Alcoolismo ou mesmo o consumo frequente de bebidas alcoólicas
  • Ausência de dieta e hábitos saudáveis
  • A presença de doença por HPV (que também pode causar câncer de colo de útero em mulheres)
  • O consumo regular ou excessivo de erva mate, planta de propriedades estimulantes muito consumida na região sul e sudeste do Brasil

O tabagismo é um dos maiores fatores de risco para esta doença. Além dele, o HPV também é uma doença muito associada a este tipo de câncer.

O câncer de garganta pode afetar as suas cordas vocais e a sua caixa de voz. A caixa de voz é uma cavidade composta por várias estruturas, todas elas suscetíveis a este tipo de câncer.

Este câncer também pode afetar a epiglote, que é um pedaço de cartilagem que atua encobrindo a traquéia na deglutição de alimentos ou líquidos.

cancer de garganta

 

Sintomas

É importante procurar um médico especializado se você possui dores de ouvido crônicas, dor de garganta crônica, gânglios da região da garganta inflamados e inchados, dor ao engolir ou dificuldade para engolir, dificuldade para falar ou rouquidão freqüente e persistente, dormência na face e, principalmente, se você ou seu dentista notar úlceras inflamadas na boca ou na língua.

Tosse frequente, perda grande de peso e fraqueza súbita também podem ser indicativos de um quadro cancerígeno.

Estes sintomas são iniciais, e podem variar na incidência ou grau de incômodo que geram em cada paciente. Se você apresenta pelo menos um dos citados ou é portador de HPV diagnosticado, deve procurar um médico para um exame completo.

 

Evolução da doença

Como todo câncer, o da faringe ou garganta começa com o aparecimento de pequenos tumores, ou seja, na fase inicial da doença os sintomas podem não ser tão chamativos ou pode não existir sintoma nenhum.

Por isso, se você faz parte do grupo de risco, deve procurar um médico e fazer sempre exames preventivos. Quanto mais no início a doença for descoberta, maior é a chance de cura e menos invasivos serão os tratamentos necessários.

Uma vez que surjam os tumores, a evolução é tão imprevisível quanto à de um câncer em outras partes do corpo.

Dependendo do paciente, o tumor pode ser benigno e estacionar na evolução, ou pode ser maligno, aumentar de tamanho e se espalhar por outras partes do corpo, principalmente estômago e pulmão.

Desta forma, a evolução desta doença é muito particular e só um médico poderá avaliar o quadro do paciente afetado.

 

Como pode ser o Tratamento

O tratamento desde tipo de câncer pode ser feito por meio de uma cirurgia local, para a retirada dos tumores, ou, dependendo do caso, sessões de quimioterapia e radioterapia.

Tudo vai depender do estágio do câncer, do tumor ser maligno ou benigno e da saúde geral do paciente.

Se você foi diagnosticado, existem vários tratamentos alternativos que aliviam o desconforto e podem até reduzir a inflamação, dependendo do caso.

cancer de faringeNo entanto, nenhuma terapia alternativa exclui a necessidade de um tratamento médico específico. A cirurgia, se necessária, geralmente traz bons resultados e não envolve grandes fatores de risco.

Se diagnosticado, o paciente deve imediatamente cortar o álcool e o tabaco de sua vida. Continuar as agressões pode desencadear ainda mais o quadro cancerígeno e fazer com que ele evolua mais rápido ou que o tratamento seja mais difícil.

Em aproximadamente 80% dos casos, existe chance de cura para este tipo de câncer. No entanto, a doença pode causar alguns danos irreversíveis a nossa saúde.

Deseja parar de fumar? Ligue para o Centro Antitabagista perto de você e busque ajuda! Muitos ex-fumantes afirmam que um apoio especializado ou em grupo pode dar mais força e ajudar até a prevenir recaídas.

Tags: , , , ,

6 Comentários

  1. lazaro disse:

    Amigos eu acho que to com cancer na garganta. Pelas fotos e videos que andei pesquisando de cancer de garganta,tudo indica que sou canceroso!!! To com medo!!

  2. Raimundo Donato Correia de Sá disse:

    Tenho cancer na faringe e gostaria de saber se com a radioterapia e a quimioterapia estou 100% curado? Sim! Parei de fumar e de beber mas tenho ainda muita vontade em voltar a fumar. Será que ainda posso?

    • Jorge Figueiredo (CMF) disse:

      Claro que não, otário. Está lembrado de mim, nos tempos do CMF.? Ainda estou na Paraiba.
      Em 2002 tive Leucemia mas Jesus me curou. Por falar nisso, vc não acha que está na hora de refletir? Minha oração é que vc já tenha sido visitado pelo Espírito Santo e esteja curado assim com eu, ok, amigão? Não esqueço da nossa turma. Eramos demais!!!!!!!!!!!!!!!

    • ssmoreira disse:

      você ta querendo morrer, então volte a fumar

  3. MonicaB disse:

    tbm acho que tô, um caroço tá crescendo, dor, irritação e tals. ‘-’

  4. Ande disse:

    Acho que to com cancer na faringe.sinto dor ao engolir dor de ouvido cronica dor de cabeça dor nos olhos e tenho varios ganglios inflamados,tenho hpv e sou fumante ja estou procurando medicos a mais de 3 meses que me dizem ser sinusite faringite é uma vergonha o sus nesse ppais a pessoa tem que estar em fase terminal pra ser atendida mas nao desisisti hoje vou procurar o hospital dinovo estou pécimo e com muito medo

Deixe o seu comentário!