AUDIOMETRIA

Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Exames/Procedimentos > AUDIOMETRIA

Um pouco sobre o Exame

A audiometria é um exame realizado para avaliar a sua capacidade de ouvir e interpretar sons. É um exame indolor e que não exige muitos preparativos. Neste artigo vamos falar um pouco a respeito da audiometria considerando os seguintes tópicos:

 

  • O que é audiometria;
  • Quais são os principais tipos;
  • Quando é indicado;
  • Como é o procedimento;
  • Quais são os preparativos.

 

O que é audiometria?

É um exame realizado quando há a necessidade de avaliar a sua capacidade de ouvir sons. Durante o procedimento o indivíduo escuta diversos apitos e palavras faladas através de um fone colocado no ouvido. O fonoaudiólogo pedirá para o paciente informar sempre que escutar algo.

Com a audiometria é possível se detectar anormalidades auditivas e medir a intensidade e o tipo destas. Pode ser um exame preventivo e é excelente para diagnósticos. Os exames são divididos em alguns tipos como audiometria tonal, audiometria vocal, audiometria ocupacional e audiometria tonal infantil condicionada, por exemplo.

audiometria tonal

 

Quais são os principais tipos?

A audiometria tonal e a audiometria vocal são os procedimentos mais realizados. A do tipo tonal procura avaliar a capacidade do indivíduo de escutar sons. É um exame que verifica se há perda auditiva e qual é o grau da mesma. Depende muito da colaboração do paciente que deverá avisar ao médico sempre que escutar sons.

Já a do tipo vocal procura avaliar a capacidade da pessoa de entender a fala humana. Neste caso, o paciente escuta diversas palavras e deve repeti-las para o médico. Geralmente, ambos os procedimento são realizados juntamente em uma só pessoa, pois um ajuda bastante no entendimento do outro.

 

Quando é indicado?

Basicamente para quando há a necessidade de se avaliar a capacidade auditiva de alguém. É um exame utilizado para verificar se há perda auditiva e qual é o grau desta. Normalmente traumas, tímpano rompido, medicamentos diversos, infecções no ouvido, doenças na região e condições hereditárias podem ser fatores agravantes para a perda auditiva. Fatores emocionais, psicológicos e até odontológicos também devem ser levados em consideração. Portanto, quando a análise da audição do paciente é necessária, faz-se uma audiometria.

Caso os resultados não sejam satisfatórios outros exames podem ser solicitados como, por exemplo, uma radiografia, uma tomografia computadorizada do crânio ou outros exames mais específicos da audição como o do Bera e o OEA.

audiometria

 

Como é o procedimento?

Em ambos os procedimentos, tanto a audiometria tonal quanto a vocal, o paciente é posicionado dentro de uma cabine acústica e um fone de ouvido é posto em sua cabeça. Esse fone fica ligado a um aparelho chamado de audiômetro.

Durante a audiometria tonal, diversos sons são lançados no fone de ouvido. Tons em frequências e intensidades variadas são produzidos e o paciente deve informar ao médico sempre que escutar um som e de onde ele surgiu.

Já na do tipo vocal a capacidade de entender a fala humana é avaliada. Para isto, são emitidas palavras faladas no fone de ouvido e o paciente deve reproduzir o que foi escutado. Os procedimentos não são dolorosos e não há qualquer tipo de desconforto. O tempo pode variar bastante, dependendo do grau de dificuldade encontrado durante a audição. Geralmente, uma audiometria bem detalhada pode demorar até mesmo mais de uma hora.

 

Quais são os preparativos?

Não são necessários muitos preparativos para este exame. Uma boa noite de sono e repouso acústico são as medidas mais recomendadas. Ou seja, antes de realizar a sua audiometria, independente do tipo, evite locais como casas noturnas ou shows cerca de 14 horas antes do procedimento. Sua audição precisa estar descansada e em ótimas condições.

Caso você esteja sentindo algum tipo de incomodo na região do ouvido ou esteja percebendo dificuldade na audição, consulte um médico para a devida análise de sua condição. Um exame de audiometria pode ser solicitado e, desta forma, você consegue ter certeza do que vem causando tais transtornos. Este exame é realizado em diversos laboratórios e costuma apresentar resultados bastante favoráveis. Fique sempre atento aos sinais que seu corpo envia. Quando algo está errado, normalmente sintomas costumam aparecer. É neste momento que você deve procurar um médico especialista para o devido diagnóstico e, caso necessário, início imediato do tratamento. Não descuide de sua saúde.

Tags: , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!