Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > Aneurisma da Aorta Abdominal

Aneurisma da Aorta Abdominal

O que é aneurisma da aorta?

A aorta é talvez a mais importante artéria do corpo humano. Ela sai do coração e vai em direção ao pulmão. Depois passa pelo diafragma e ainda se divide em outras duas importantes artérias, a ilíaca direita e a esquerda. Estas duas artérias são as responsáveis por levar o sangue para os membros inferiores e para as vísceras. Qualquer problema que atinja a artéria aorta é, portanto, no mínimo preocupante.

Aneurisma é uma palavra derivada do grego e remete ao sentido de “alargamento”. Quando a aorta está com uma dilatação permanente maior do que normal, diz-se que ali há um aneurisma. É uma doença de risco extremo, já que o indivíduo pode ter a sua artéria rompida. Devido à ruptura grandes quantidades de sangue são perdidas e o risco de morte é elevado.

É bastante frequente em pessoas que já possuem idade superior aos 50 anos e a ruptura é mais comumente observada na região abdominal. Casos menos frequentes são os aneurismas periféricos, com destaque para o qual a aorta se rompe na região de trás do joelho.

O quadro tende a evoluir progressivamente. Com o passar dos anos há um enfraquecimento normal da parede da aorta. Os aneurismas não costumam diminuir em tamanho e, conforme vão aumentando, complicações vão se agregando ao problema. A complicação mais grave é a rotura, na qual se perde muito sangue.

aneurisma da aorta endo

 

Agente causador

O enfraquecimento da parede da aorta é normal com o passar dos anos. O quadro pode também se instaurar quando esta sofre uma pressão maior do que a usual por algum motivo. As alterações na parede da aorta podem, portanto, serem adquiridas ou congênitas. Alguns fatores de risco para a formação do aneurisma são, por exemplo, hipertensão, cigarro, alto colesterol e obesidade.

Quando a resistência da parede fica comprometida, geralmente, dá-se início a um quadro de aneurisma. Uma das causas mais frequentes deste comprometimento é a arteriosclerose. Neste caso a perda da elasticidade da aorta é devido ao acúmulo de gordura no interior da artéria. A incidência desta é grande e o problema precisa ser tratado com a devida seriedade.

 

Como se descobre a doença (diagnóstico)

Normalmente é preciso a realização de alguns exames laboratoriais para se ter a certeza do diagnóstico. Somente a palpação não permite, na maioria das vezes, um diagnóstico adequado. Alguns casos de aneurisma podem ser vistos, por exemplo, em simples radiografias de abdômen. A ultrassonografia é, entretanto, o exame mais completo para estudar um aneurisma.

A ultrassonografia é um procedimento indolor, rápido, simples e permite ver o diâmetro e também a extensão do problema. Quando o médico precisa de ainda mais detalhes, geralmente se pede uma tomografia computadorizada ou até uma ressonância nuclear magnética. Estes exames são super completos e produzem imagens em ótimo estado para a devida análise. A ressonância nuclear magnética pode ser um exame um tanto quanto caro.

O aneurisma é um sério problema de saúde. Após confirmada a sua existência, o tratamento mais indicado deve ter início. O paciente precisa ficar sob observação para o monitoramento da aorta. Em muitos casos é necessária uma intervenção cirúrgica para excluir a parte dilatada.

aneurisma da aorta abdominal

 

Sintomas

Muitos aneurismas são assintomáticos e só vão provocar alguma complicação quando, por exemplo, houver o rompimento da artéria. Por isto é algo que se deve tomar muita atenção. Quando se trata de um alargamento grande da aorta, esta pode ocasionar alguns sintomas. Assim como devido à pressão de estruturas vizinhas.

A artéria aorta é muito importante para o corpo humano. O sangue, ao sair do coração por esta artéria, passa por ela em grande velocidade e com grande pressão. Caso haja o rompimento, a perda de sangue é tão grande que poucas pessoas conseguem chegar a tempo ao hospital. Alguns sinais são dados antes de tal acontecimento como:

  • Dor intensa pelo corpo;
  • Pontadas no peito;
  • Agitação;
  • Sudorese.

O quadro pode ser muito parecido com o de um infarto. Diante destes sinais, corra para um hospital. O aneurisma da aorta é muito perigoso e deve se fazer de tudo para diminuir as complicações e para salvar a vida da pessoa.

 

Prevenção

aneurisma da aortaEste estado pode ser decorrente da idade avançada. Nestes casos, a melhor prevenção é a ida frequente a um médico para exames de avaliação da saúde. Com isto, caso haja algum problema na aorta, este já pode ser diagnosticado e devidamente acompanhado, para que não se venha saber de tal complicação somente na hora do rompimento da artéria.

Um fator que aumenta muito a possibilidade do aneurisma é o colesterol alto. Conforme mencionado acima, a arteriosclerose é uma das causas mais frequentes de aneurismas e é causada pela perda de elasticidade devido a altas quantidades de gordura no interior da artéria. Portanto, cuide de sua alimentação e da sua saúde para impedir ou para postergar complicações como esta.

Obesidade também é um fator de risco. Assim como o cigarro. Mais uma vez se mostra o quão importante é levar uma vida saudável. Pessoas hipertensas e do sexo masculino devem tomar ainda mais cuidado, pois compõem a população de risco. Desta forma, não deixe de realizar exames de rotina para um bom monitoramento do organismo.

 

Tratamento

O tratamento clínico não diminui o problema e nem impede a progressão do mesmo. É somente uma espécie de controle e de monitoramento do organismo. Com isto, fatores de risco são cortados como o cigarro. Além disto, dá-se início a um controle da hipertensão e da hiperlipidemia. O tratamento envolve a realização constante de ultrassonografias e de tomografias para o acompanhamento do problema.

Caso haja um aumento muito grande do aneurisma uma intervenção cirúrgica pode ser requisitada. Esta consiste na retirada da parte dilatada e na substituição deste pedaço por uma ponte artificial. Existe também um método menos invasivo chamado de correção endovascular. É mais utilizado em casos de aneurisma da aorta abdominal e é basicamente realizado através da inserção de uma endoprótese pela artéria femoral até que está chegue ao local afetado. Todos os pacientes submetidos a estes procedimentos precisam realizar exames de rotina para o resto da vida.

TEMOS MAIS ARTIGOS PARA VOCÊ:

Um comentário em “Aneurisma da Aorta Abdominal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>