Você está em: Saúde, Doenças e Medicina > Doenças > AMIGDALITE

AMIGDALITE

Sobre a Amigdalite

A amigdalite é uma infecção que acomete as amídalas. Estas são órgãos responsáveis por defender o organismo contra infecções. Neste artigo vamos falar um pouco a respeito da doença considerando os seguintes tópicos:

 

  • O que é amigdalite;
  • Como se adquire;
  • Quais são os sintomas;
  • Como é feito o diagnóstico;
  • Como é o tratamento;
  • Como prevenir.

 

O que é amigdalite?

A amigdalite é uma infecção normalmente causada pode vírus ou bactérias. É bastante comum de acontecer durante a infância e acomete os órgãos chamados de amídalas. Estes órgãos são duas proeminências com cerca de 5cm de diâmetro que ficam localizados perto do final da língua. Possuem como principal característica defender o organismo, pois são revestidos por um tecido que realiza a filtragem e a barragem de microrganismo estranhos presentes no ar e nos alimentos.

amigdalite

Este tecido que reveste as amídalas é rico em glóbulos brancos. Estas células são capazes de detectar e eliminar diversas ameaças ao organismo. As amídalas são, portanto, muito importantes na manutenção da saúde, principalmente durante a infância. Quando a puberdade e idade adulta vão chegando, estas começam a perder valor, pois a força defensiva diminui consideravelmente.

A ação de bactérias, vírus ou outros microrganismos nestes órgãos costuma gerar três tipos diferentes de amigdalite: crônica, aguda e subaguda. Em todos os casos devido a infecções.

 

Como se adquire?

A amigdalite aguda, por exemplo, é bastante comum em crianças com idade por volta dos 3 anos e, geralmente, costuma desaparecer sozinha após uma semana. Esta pode ser causada devido à presença de algum vírus ou bactéria nas amídalas. Já a do tipo crônica acontece quando as infecções são muito constantes. Neste caso, os microrganismos acabam se instalando permanentemente no local. Costuma levar algum tempo para se curar e, normalmente, são causadas por bactéria. A amigdalite subaguda pode durar pouco tempo ou até cerca de meses. Costuma ser caracterizada por infecção da bactéria Actinomyces sp.

Pelo fato das amídalas estarem em um local de passagem tanto de ar como de alimentos, muitos microrganismos estão em contato com as mesmas diariamente. Quando estes microrganismos estão presentes em um volume maior do que o suportado pela defesa das amídalas uma infecção acaba irrompendo. Outra possibilidade é uma infecção destes órgãos devido a algum processo infeccioso em tecido próximo como, por exemplo, uma faringite ou laringite.

 

Quais são os sintomas?

As amigdalites agudas costumam surgir de repente acompanhadas por febre, mal-estar, dor de cabeça, dor de garganta e inflamação local. Pode doer para engolir e para falar. Geralmente há a formação de pus na superfície dos órgãos.

Quando esta é do tipo crônica, além da dor ao falar e ao engolir, também pode ocorrer dor ao respirar. As amídalas podem até mesmo atrofiar e ficar esbranquiçadas. Também são observados sintomas como dor de cabeça, febre, mal-estar e inflamação e outros como mau hálito e formação de secreções mucosas.

 

Como é feito o diagnóstico?

Primeiramente é preciso investigar qual é o agente que vem causando a infecção. Amostras do tecido local são retiradas para análise e o médico examina o paciente em busca de placas brancas ou vermelhidão. Após a confirmação da suspeita de um caso de amigdalite e de ter a certeza de qual é o agente envolvido, dá-se início ao tratamento mais adequado.

 

Como é o tratamento?

amigdalite tratamentoQuando a amigdalite é do tipo bacteriana, normalmente o médico indica antibióticos e uma alimentação leve. Analgésicos também podem ser prescritos com o intuito de ajudar no controle da dor. Nos casos de amigdalite provocada por vírus também se faz uso de analgésicos, assim como de anti-inflamatórios.

Recomenda-se beber bastante água e comer pastilhas, pois estas estimulam a produção de saliva. Gargarejos com bicarbonato e água também são indicados. Quando a amigdalite é crônica e muito frequente pode ser indicado a remoção das amídalas através de um procedimento cirúrgico.

 

Como prevenir?

Evitar locais com ar-condicionado, comidas muito quentes e fumar são medidas que pode ser tomadas com o intuito de se prevenir contra crises de amigdalite. Ingira sempre bastante líquido para manter as mucosas hidratadas. Dê preferência a alimentos macios e não realize automedicação. Remédios utilizados erroneamente podem favorecer infecções e gerar complicações médicas. Diante de qualquer sintoma, procure por um médico.

TEMOS MAIS ARTIGOS PARA VOCÊ:

7 comentários em “AMIGDALITE

  1. Há cerca de cinco dias fui diagnosticada com amigdalite aguda, não imaginei que tal inflamação poderia encomodar e doer tanto. Ainda estou em tratamento, porém ao menos consigo engolir sem tanto esforço. Creio que esta enfermidade não é vista como gravde, uma vez que mesmo em estado febril, garganta completamente fechada, dificuldades para engolir a própria saliva, o médico me deu apenas o dia, vim trabalhar durante três dias muito mal, ainda mais porque trabalho muito com a voz, e em ambiente com ar condicionado, tudo que contribui para piorar a infecção. Peço aos profissionais que sejam mais solidários e competentes em seu diagnóstico, visto que primeiramente me receitaram injeção de voltarem/ xarope (o que irritou mais ainda a minha garganta) e paracetamol comprimido (visto que nem ao menos minha própria saliva eu conseguia engolir). #DESABAFO#.

    1. Concordo com vc Adriana Zacaria..! O medico me deu 1 dia de atestado e hj q seria o 2 dia eu nao fui trabalhar mesmo assim.. Pois mal consigo falar e faco careta de tanto q doi pra engolir a saliva.. Espero q amanha eu esteja com condicoes pois eu tb trabalho usando a voz.. :( concordo com vc …

  2. Eu tive Amidalite aguda quando eu era criança , só que de vez em quando eu sinto os mesmo sintomas dor de cabeça, febre , muita dor na garganta e fica muito vermelha minhas amídalas. Queria saber se só com um médico especialista , eu consigo diagnóstica se mudou o tipo de amidalite .

  3. olá tenho amigalite e meu principal sitomas e uma fraqueza muito grande e um mal estar geral a garganta doi um pouco de um lado e do outro ano tenho febre nem dor para engolir o que posso fazer para amenizar essa fraqueza ater chegar o dia de ir ao medico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>