Dominio: saudemedicina.com
Chave: 4f41bbe26cb2150d3399d6abc90ed5833fd644bd
Hora do cache: 1474216981
Vida do cache: 1475512972
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: f9bc4ed353b966a60e9e5f09397305f5e150c0ad
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

AMEBÍASE | Sintomas, Causas e Tratamento

Amebíase

A amebíase é uma doença causada por um parasita que afeta os intestinos, principalmente. Saiba mais aqui sobre esta patologia.

 

O que é?

A amebíase, também chamada de disenteria amebiana ou disenteria amébica, é causada por um protozoário chamado ameba. Muitas vezes, o doente pode ter o protozoário em seu sistema e não desenvolver a doença.

A amebíase afeta principalmente países de terceiro mundo, em áreas sem saneamento básico ou condições básicas de higiene.

A ameba se alimenta do bolo fecal do hospedeiro, das bactérias benéficas presentes em seu intestino e até mesmo de células intestinais, dependendo da gravidade do caso e do tamanho da população de protozoários em cada paciente.

A doença afeta climas tropicais, mas também pode aparecer em climas temperados e frios. As principais zonas de ocorrência global são a Ásia, a América Latina e África.

Apesar de ter tratamento simples, uma amebíase sem cuidados pode evoluir para uma infecção de grande gravidade, pelos danos causados à flora intestinal.

A transmissão ocorre basicamente com o contato com as fezes contaminadas, seja pela mão suja levada à boca, que tenha tocado em alguma superfície contaminada, água ou comida contaminadas ou pelo contato direto com as fezes contaminadas.

amebiase

 

Sintomas

A ameba chega ao intestino e causa, primeiramente, fortes diarreias. Neste estágio, a maioria dos indivíduos infectados consegue controlar a infecção por meio de seu sistema imunológico.

No entanto, quando há muitos parasitas no intestino, pode ocorrer um quadro de necrose intestinal, pois os parasitas começam a se alimentar de células deste órgão. Neste caso, surgem fortes dores abdominais, vômitos, náuseas, diarreia com sangue e muco intestinal.

A parede intestinal também tende a se inflamar, pois o corpo reage à presença do parasita desta maneira. Neste estágio, podem surgir úlceras intestinais. Este quadro, devido à perda de sangue, pode causar anemia nos pacientes.

Em casos mais graves, as úlceras intestinais podem causar uma infecção intestinal, e as amebas podem migrar para outros órgãos.

Quando atingem o fígado, destroem células até que o organismo reaja e controle a infecção, formando um abscesso. Este abscesso pode ser grande ou inflamar, o que traz a necessidade de uma intervenção cirúrgica.

Posteriormente, a ameba pode atingir o cérebro e o baço, gerando os sintomas: febre alta, tremores, suores, dores abdominais e no fígado, fadiga constante e aumento do tamanho do fígado.

 

Evolução

Os quadros podem surgir depois de um período de 2 a 4 semanas de incubação. Após isso, a doença muitas vezes se manifesta, e depois regride, conforme o organismo consegue ou não controlar a infecção.

Isto pode persistir por anos, causando danos graves à parede intestinal ou ao fígado, quando este é atingido.

Quando atinge a parede intestinal, a ameba causa uma infecção que dura em média doze dias. Após este período, o paciente percebe uma melhora nos sintomas, mas o quadro segue se agravando até atingir outros órgãos.

Pode também acontecer de a ameba atingir o cérebro ou o baço, formando também abscessos que são perigosos.

Muitos infectados podem ser assintomáticos, mas o parasita continua causando danos e dificultando a absorção de nutrientes, vitaminas e água pelos intestinos.

 

Tratamento

A descoberta da doença muitas vezes acontece por meio de exames de rotina nas fezes. Se encontrados cistos do protozoário, outro exame deve ser feito para confirmar a infecção.

No entanto, muitas vezes estes quadros já se agravaram e podem confundir o exame e a análise do laboratório devido a uma infecção grande no intestino.

A presença de protozoários de ameba no fígado pode ser detectada por tomografia computadorizada. O mesmo método de diagnóstico por imagem deve ser utilizado para detectar a presença da ameba em outros órgãos.

ciclo amebiase

Os abscessos podem ser tratados por meio de cirurgias e a presença da ameba deve ser erradicada com medicamentos específicos receitados pelo seu médico.

Jeitos simples de evitar a contaminação são: lavar bem verduras, frutas ou alimentos que sejam consumidos crus, lavar bem as mãos antes das refeições ou depois de usar o banheiro e sempre beber água limpa, filtrada ou fervida.

A presença de saneamento básico também influencia bastante na diminuição de casos desta doença. A higiene básica contribui muito para a saúde e evita a contaminação por uma série de outras patologias.

15 Comentários

  1. Italy Sousa disse:

    Oi ? Tenho uma prima de 1 ano e ela está cm ameba, só q a dele vem a ser melhorar num dia e piorar no outro, no caso suspeitamos q seja os alimentos dado a mesma, nesse casos quais os alimentos adequados pra ela ?

  2. Odair Santos disse:

    minha esposa têm ameba.E começou a ingerir sementes de mamão por que achou uma receita na Internet.Está passando muito mal.

  3. gostei muito,seria ótimo a prescrição do medicamento.

  4. Carlos Moura Gomes disse:

    No último dia 29 passado fiquei sabendo através de uma ultra que tenho tenho duas amebas no fígado, medindo 6,9 e 2,9cm respectivamente. Tô muito nervoso. Alguém já teve esse diagnostico. Ajudem-me…. Obrigado.
    Já estou fazendo todos os exames. Tô numa tremenda expectativa……… è terrível.

  5. claudia disse:

    eu tenho o parasita chamado artenia e estou com muito medo pois falo para os medicos e eles nuncam acham o remedio serto ,pede sempre ´pra eu fazer ensames mais nao dar nada preciso de ajuda pois estou apavorada

  6. eu adorei ler sobre essa doença porque eu descobri bastante coisa que eu nem imaginava que era agora em diante eu sempre vou começa pesquisar sobre as doenças pra eu conheçe mais e ficar bastante esperta

  7. edsonhenrique disse:

    nossa tou fazendo trabalho disso e gastroenterite muito bom esse site eu e minha turma do 4 ano e muito bom o trabalho e facio

  8. Jailson C Nascimento disse:

    estes parasita fica me perseguindo, eu ja tomo remedio sem o medico pedir porque ele ficar encubado o ameba

  9. Jailson C Nascimento disse:

    estes parasita fica me perseguindo, eu ja tomo remedio se o medico pedir por ele ficar encubado o ameba

  10. marinaldo lemos ferreira disse:

    e muito importante esse assunto porque eu estava com suspeita de ameba esta

  11. Luis paulo disse:

    Como faco pra eliminar amega do meu corpo, fiz um exame e soube que tenho ameba, deu ovos de ameba no eixame, presizo saber como faco pra tira ela de min…

  12. You have noted very interesting points ! ps decent website . “O human race born to fly upward, wherefore at a little wind dost thou fall.” by Dante Alighieri.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.